Uso excessivo de álcool e cigarro pode causar doenças no coração, aponta cardiologista

A ingestão da bebida alcoólica em excesso associado ao consumo do cigarro pode resultar no aparecimento de doenças cardiovasculares. Essa afirmação é do coordenador do serviço cardiológico do Hospital Evangélico de Vila Velha (HEVV), Dr. Diogo Barreto. “As uso contínuo das drogas lícitas fazem muito mal para o coração. Esse hábito ruim pode gerar doenças […]

Uso excessivo de álcool e cigarro pode causar doenças no coração, aponta cardiologista

A ingestão da bebida alcoólica em excesso associado ao consumo do cigarro pode resultar no aparecimento de doenças cardiovasculares. Essa afirmação é do coordenador do serviço cardiológico do Hospital Evangélico de Vila Velha (HEVV), Dr. Diogo Barreto.

“As uso contínuo das drogas lícitas fazem muito mal para o coração. Esse hábito ruim pode gerar doenças como a miocardiopatia alcoólica e o entupimento de artérias e veias coronárias que podem levar o indivíduo a morte”, destacou o coordenador.

Ricardo da Vitória tem 50 anos de idade e está internado no HEVV devido a uma insuficiência cardíaca descompensada. “Por conta do consumo diário do cigarro e da bebida eu comecei a ter falta de ar e muita tosse, quando procurei o médico ele me disse que tinha que interromper o uso dessas drogas, imediatamente, senão eu ia morrer”, relatou o autônomo.

Para conscientizar a população sobre o mal que as drogas lícitas e ilícitas fazem ao organismo, no dia 20 de fevereiro é celebrado o Dia Nacional de Combate às Drogas e ao Alcoolismo. Essa é uma data para estimular as campanhas de prevenção e promoção em saúde e assim evitar que as pessoas façam o uso dessas substâncias.

“Tanto as drogas lícitas quanto as ilícitas têm a capacidade de causar efeitos a curto e longo prazo no organismo. O uso dessas substâncias ocasiona alterações no coração que, normalmente, são irreversíveis e podem levar o indivíduo a ter arritmias graves como paradas cardíacas e infarto”, alertou Dr. Diogo Barreto.