Tatuador americano de Johnny Depp é baleado durante roubo no Rio

Jonathan Dowling Shaw foi abordado por dois homens em uma moto quando estava em um carro de aplicativo após sair de uma casa de câmbio na Lapa

Tatuador americano de Johnny Depp é baleado durante roubo no Rio
Jonathan Dowling Shaw e Johnny DeppReprodução

Jonathan Dowling Shaw é fundador, em 1976, da loja de tatuagem mais antiga da cidade de Nova York, a Fun City Tattoo. O estabelecimento foi aberto no Lower East Side de Manhattan antes que tatuagem fosse legalizada na cidade e se especializou em desenhos neo-tribais. No local, foram tatuados astros como o ator de cinema Johnny Depp, conhecido mundialmente por interpretar o Capitão Jack Sparrow, do filme Piratas do Caribe; o músico e roqueiro Iggy Pop; ator Jim Jarmusch; o cantor e guitarrista Max Cavalera, da banda Sepultura; e supermodelo britânica Kate Moss.

Em 2002, cinco anos após a tatuagem ser legalizada, Jonathan Dowling Shaw vendeu a Fun City para se concentrar na escrita. Depois 28 anos tatuando, ele se aposentou da profissão em 2004 e veio para o Rio, onde escreveu seu primeiro romance, com o título, em tradução livre, “Narcisa: Nossa Senhora das Cinzas”, em 2008. No ano seguinte, Iggy Pop o descreveu como "o grande pesadelo anti-herói da nova era". Em 2017, publicou um livro de memórias - “Confissões de um tatuador”.

Leia mais...