STF é maioria contra prazo para Lira analisar pedidos de impeachment

Ação pedia prazo para que o presidente da Câmara analisasse pedidos de impeachment contra Bolsonaro

STF é maioria contra prazo para Lira analisar pedidos de impeachment
Presidente da Câmara, Arthur LiraPablo Valadares/ Câmara dos Deputados

A ação foi apresentada no ano passado pelo deputado estadual Rui Falcão (PT-SP) e por Fernando Haddad, ex-prefeito de São Paulo e já havia sido negada pela relatora, ministra Cármen Lúcia.

Cármen Lúcia votou novamente pela rejeição do pedido. Em seu voto, afirmou não existir, no ordenamento jurídico vigente, norma que assegure a “pretensão de processamento automático ou com prazo estabelecido sobre processamento de pedido de impeachment”.

Leia mais...