Sesi-Ceará faz 28 mil testes de Covid em três meses

Foram encerrados ontem, 11, as operações dos Centros de Testagem de Covid-19 do Sesi, resultados de uma parceria da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec) com o Governo do Estado, por meio de sua Secretaria Estadual de Saúde.   Durante os três meses de atividades, nas seis unidades do Sesi, foram realizados 27.939 testes de Covid 19. [render name="Leia Também" contentId="1.3216887"] A parceria foi iniciada no dia 10 de janeiro e envolveu 93 profissionais, exatamente no período em que o Ceará enfrentou a terceira onda da pandemia, que chegou junto com outra onda da gripe Influenza. As duas doenças virais têm sintomas parecidos, o que elevou a procura de pessoas por centros de testagem. O superintendente do Sesi-Ceará, Paulo André Holanda, falou à coluna sobre a importância da parceria: “A Fiec e o Sesi têm grande empenho em promover saúde e bem-estar ao nosso povo, gerando e contribuindo com ações efetivas. Nossas equipes trabalharam com muito profissionalismo, durante 90 dias, e agradecemos também pelo apoio essencial e proativo de toda a equipe da Secretaria de Saúde, que nos deu total suporte na prestação dos serviços. Estaremos sempre abertos a novas parcerias”, disse ele. Segundo a secretária Executiva de Vigilância e Regulação em Saúde da Secretaria de Saúde, Ricristhi Gonçalves, a atuação do Sesi-Ceará foi fundamental.  “O Sesi entrou no contexto para nos apoiar, oferecendo-nos todo o aparato e profissionais altamente qualificados, além dos profissionais que foram capacitados exclusivamente para essa atividade. O Serviço Social da Indústria do Ceará entregou o melhor e mais bem organizado serviço de testagem à população do Ceará!”, testemunhou Ricristhi. O Sesi-Ceará disponibilizou as unidades de Fortaleza (Parangaba, Centro e Barra do Ceará), Maracanaú, Juazeiro do Norte e Sobral, com estruturas suficientes para a realização de 1.500 testes diários em espaços exclusivos, seguindo todos os protocolos sanitários para garantir segurança às equipes e aos usuários. Com os seis centros de testagem do Sesi, o Governo do Estado dobrou sua capacidade de atendimento, à época, desafogando a rede pública, evitando aglomerações e proporcionando atendimento gratuito e de qualidade a toda população cearense. “Nosso objetivo era atender a população de forma ágil garantindo as condições sanitárias indispensáveis a um centro de testagem. Nesses três meses nossa equipe se dedicou bastante a esse projeto. Hoje o sentimento é de satisfação pelo dever cumprido de termos, através dessa parceria do Sesi com a Secretaria de Saúde, colaborado com as ações de combate ao coronavírus no nosso estado”, afirmou a coordenadora de Saúde do Sesi-Ceará, Andrea Pinheiro.>

Sesi-Ceará faz 28 mil testes de Covid em três meses
Foram encerrados ontem, 11, as operações dos Centros de Testagem de Covid-19 do Sesi, resultados de uma parceria da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec) com o Governo do Estado, por meio de sua Secretaria Estadual de Saúde.   Durante os três meses de atividades, nas seis unidades do Sesi, foram realizados 27.939 testes de Covid 19. [render name="Leia Também" contentId="1.3216887"] A parceria foi iniciada no dia 10 de janeiro e envolveu 93 profissionais, exatamente no período em que o Ceará enfrentou a terceira onda da pandemia, que chegou junto com outra onda da gripe Influenza. As duas doenças virais têm sintomas parecidos, o que elevou a procura de pessoas por centros de testagem. O superintendente do Sesi-Ceará, Paulo André Holanda, falou à coluna sobre a importância da parceria: “A Fiec e o Sesi têm grande empenho em promover saúde e bem-estar ao nosso povo, gerando e contribuindo com ações efetivas. Nossas equipes trabalharam com muito profissionalismo, durante 90 dias, e agradecemos também pelo apoio essencial e proativo de toda a equipe da Secretaria de Saúde, que nos deu total suporte na prestação dos serviços. Estaremos sempre abertos a novas parcerias”, disse ele. Segundo a secretária Executiva de Vigilância e Regulação em Saúde da Secretaria de Saúde, Ricristhi Gonçalves, a atuação do Sesi-Ceará foi fundamental.  “O Sesi entrou no contexto para nos apoiar, oferecendo-nos todo o aparato e profissionais altamente qualificados, além dos profissionais que foram capacitados exclusivamente para essa atividade. O Serviço Social da Indústria do Ceará entregou o melhor e mais bem organizado serviço de testagem à população do Ceará!”, testemunhou Ricristhi. O Sesi-Ceará disponibilizou as unidades de Fortaleza (Parangaba, Centro e Barra do Ceará), Maracanaú, Juazeiro do Norte e Sobral, com estruturas suficientes para a realização de 1.500 testes diários em espaços exclusivos, seguindo todos os protocolos sanitários para garantir segurança às equipes e aos usuários. Com os seis centros de testagem do Sesi, o Governo do Estado dobrou sua capacidade de atendimento, à época, desafogando a rede pública, evitando aglomerações e proporcionando atendimento gratuito e de qualidade a toda população cearense. “Nosso objetivo era atender a população de forma ágil garantindo as condições sanitárias indispensáveis a um centro de testagem. Nesses três meses nossa equipe se dedicou bastante a esse projeto. Hoje o sentimento é de satisfação pelo dever cumprido de termos, através dessa parceria do Sesi com a Secretaria de Saúde, colaborado com as ações de combate ao coronavírus no nosso estado”, afirmou a coordenadora de Saúde do Sesi-Ceará, Andrea Pinheiro.>