Salas do Twitter Espaços vai ganhar suporte a interações de texto

O Twitter começou a testar um recurso de texto nas salas de áudio do Espaços. A ideia é permitir que os participantes se comuniquem também via tuítes, por escrito, sem precisar ligar o microfone ou interromper os anfitriões durante a fala. Twitter vai permitir publicar fotos e vídeos no mesmo tuíte O que é e como funciona a Roda do Twitter? Ao iniciar uma sala nova, organizadores das conversas poderão criar um cartão temático sobre o bate-papo, no qual todas os participantes vão interagir — veja se o ícone de balão de conversa aparece na parte inferior da sala. Isso funcionará como uma thread centralizada e permitirá que as pessoas leiam ou respondam, como se fosse um tuíte regular: we’re testing a feature you’ve been asking forwhen some Hosts start a Space, a Space card will be sent as a Tweet so listeners can reply, engage, and share…straight from the Space! we hope it makes it easier to see and participate in the convo. now testing on iOS and Android! pic.twitter.com/ioB6xpSwZA -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- — Spaces (@TwitterSpaces) May 5, 2022 Mesmo se não houver resposta de ninguém, o cartão pode funcionar como uma ferramenta extra de compartilhamento dos Espaços. Vale lembrar que qualquer pessoa poderá ter acesso a isso, independente de estarem na conversa ou não. Um registro em texto das conversas de voz A parte interessante é que tanto o cartão original quanto os tuítes subsequentes ficarão disponíveis na interface do Espaços. Quem não tiver participado ao vivo ainda poderá acessar esse local para saber o que as pessoas comentaram. A adição não chega a ser uma ferramenta de bate-papo em tempo real, como muita gente quer, mas oferece um recurso próximo a isso, tendo os posts como centro das atenções. É um método interessante para quem deseja interagir sobre a conversa de áudio, mas sem precisar falar. Segundo o perfil oficial do Espaços, o recurso está em fase experimental para alguns usuários no iOS e Android. Por enquanto, é provável que apenas usuários mais aficionados do chat por voz sejam contemplados, mas futuramente deve ser algo expandido para mais gente. O Clubhouse, principal concorrente do Twitter Espaços, já possui uma ferramenta de chat escrito para os participantes. Por outro lado, a rede social do passarinho tem planos mais avançados para monetização de conteúdo, como os ingressos pagos e os Superfollows. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: UFC 274 | Onde assistir às lutas de Charles do Bronx e Maurício Shogun ao vivo? O mistério das "pedras que andam" no Vale da Morte Estudo propõe ligação entre ter gato na infância e desenvolver psicose no futuro Doutor Estranho no Multiverso da Loucura tem cena pós-crédito? Xiaomi com desconto: as melhores ofertas em celulares da marca

Salas do Twitter Espaços vai ganhar suporte a interações de texto

O Twitter começou a testar um recurso de texto nas salas de áudio do Espaços. A ideia é permitir que os participantes se comuniquem também via tuítes, por escrito, sem precisar ligar o microfone ou interromper os anfitriões durante a fala.

Ao iniciar uma sala nova, organizadores das conversas poderão criar um cartão temático sobre o bate-papo, no qual todas os participantes vão interagir — veja se o ícone de balão de conversa aparece na parte inferior da sala. Isso funcionará como uma thread centralizada e permitirá que as pessoas leiam ou respondam, como se fosse um tuíte regular:

Mesmo se não houver resposta de ninguém, o cartão pode funcionar como uma ferramenta extra de compartilhamento dos Espaços. Vale lembrar que qualquer pessoa poderá ter acesso a isso, independente de estarem na conversa ou não.

Um registro em texto das conversas de voz

A parte interessante é que tanto o cartão original quanto os tuítes subsequentes ficarão disponíveis na interface do Espaços. Quem não tiver participado ao vivo ainda poderá acessar esse local para saber o que as pessoas comentaram.

A adição não chega a ser uma ferramenta de bate-papo em tempo real, como muita gente quer, mas oferece um recurso próximo a isso, tendo os posts como centro das atenções. É um método interessante para quem deseja interagir sobre a conversa de áudio, mas sem precisar falar.

Segundo o perfil oficial do Espaços, o recurso está em fase experimental para alguns usuários no iOS e Android. Por enquanto, é provável que apenas usuários mais aficionados do chat por voz sejam contemplados, mas futuramente deve ser algo expandido para mais gente.

O Clubhouse, principal concorrente do Twitter Espaços, já possui uma ferramenta de chat escrito para os participantes. Por outro lado, a rede social do passarinho tem planos mais avançados para monetização de conteúdo, como os ingressos pagos e os Superfollows.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech: