Rondônia completa 40 anos de criação

Criado em 22 de dezembro de 1981, estado é atualmente o 3° mais populoso da região Norte. Em 40 anos, estado ganhou 39 novos municípios. Palácio Getúlio Vargas, antiga sede do governo de Rondônia, localizada em Porto Velho Decom/Divulgação O Estado de Rondônia, o terceiro mais populoso da região Norte, celebra nesta quarta-feira (22) seus 40 anos de criação. Governo cria moeda comemorativa dos 40 anos de Rondônia A luta pela criação de Rondônia iniciou através da Lei nº 411 de 1969, que estruturou os territórios federais. Naquela época, muitos políticos despertaram, aos poucos, o anseio pela criação de uma nova unidade federativa. Mesmo com o 'apelo' de deputados, o governo federal tinha receio em uma transição para administração própria, pois ao criar um novo estado federativo, o recurso 'nacional' teria uma divisão maior. Foi em 22 de dezembro de 1981 que Rondônia foi elevado à categoria de estado. A criação foi por meio do Projeto de Lei Complementar e aprovado pelo presidente da República, à época João Batista Figueiredo. No entanto, a instalação oficial do estado ocorreu apenas em 4 de janeiro de 1982. No ano da criação, o estado era constituído por 13 municípios - Porto Velho (capital), Ariquemes, Cacoal, Colorado do Oeste, Costa Marques, Espigão D'Oeste, Guajará-Mirim, Jaru, Ji-Paraná, Ouro Preto do Oeste, Presidente Médici, Pimenta Bueno e Vilhena. Esses municípios já existiam aqui porque, antes de se tornar estado, Rondônia passou 39 anos como território federal. A ideia do nome 'Rondônia' foi proposta pela primeira vez em 1919, por Roquette Pinto, logo depois da obra de Marechal Cândido Rondon, as linhas telegráficas. O estado também homenageia Marechal Cândido Rondon, expedicionário e patrono das comunicações. Marechal Rondon foi quem acompanhou o grupo que fazia pesquisa topográfica para demarcar estradas e a instalação de postes da linha telegráfica. Já a bandeira que representa Rondônia foi escolhida através de um concurso, em dezembro de 1981. O vencedor foi Sílvio Carvajal Feitosa, que na época tinha 17 anos. Bandeira de Rondônia foi escolhida através de concurso Daiane Mendonça A bandeira de Rondônia ficou composta pelas quatro cores da bandeira do Brasil e está dividida horizontalmente em duas metades. Na metade superior predomina o azul, enquanto no centro há uma estrela de cinco pontas branca. As pontas da estrela ultrapassam o limite da parte azul, invadindo a metade inferior da bandeira. A metade inferior da bandeira é divida em três partes, sendo um triângulo verde e outras duas partes de triângulos amarelos. 1ª sede do governo O Palácio Getúlio Vargas, localizado em Porto Velho, foi a primeira sede do poder executivo de Rondônia. O primeiro governador a ocupar a cadeira do prédio, em 1982, foi o coronel Jorge Teixeira de Oliveira. Assista abaixo a história do Palácio Getúlio Vargas, que hoje funciona como Museu da Memória Rondoniense: Rondônia 40 anos: Conheça um pouco do prédio Palácio Getúlio Vargas Depois de se tornar estado, o crescimento de Rondônia não parou e, em 40 anos, foram criados mais 39 municípios. A capital Porto Velho tem o peso econômico, com quase 40% do Produto Interno Bruto (PIB), e cerca de 550 mil habitantes, o que equivale a quase 30% da população do estado. Enquanto isso Ji-Paraná, que é a segunda maior cidade, tem 130 mil. Rondônia 40 anos: Histórias, personagens e curiosidades marcam a criação do Estado De 1912 a 1970: veja cronologia dos crimes em Rondônia Veja curiosidades sobre o Palácio Getúlio Vargas

Rondônia completa 40 anos de criação

Criado em 22 de dezembro de 1981, estado é atualmente o 3° mais populoso da região Norte. Em 40 anos, estado ganhou 39 novos municípios. Palácio Getúlio Vargas, antiga sede do governo de Rondônia, localizada em Porto Velho Decom/Divulgação O Estado de Rondônia, o terceiro mais populoso da região Norte, celebra nesta quarta-feira (22) seus 40 anos de criação. Governo cria moeda comemorativa dos 40 anos de Rondônia A luta pela criação de Rondônia iniciou através da Lei nº 411 de 1969, que estruturou os territórios federais. Naquela época, muitos políticos despertaram, aos poucos, o anseio pela criação de uma nova unidade federativa. Mesmo com o 'apelo' de deputados, o governo federal tinha receio em uma transição para administração própria, pois ao criar um novo estado federativo, o recurso 'nacional' teria uma divisão maior. Foi em 22 de dezembro de 1981 que Rondônia foi elevado à categoria de estado. A criação foi por meio do Projeto de Lei Complementar e aprovado pelo presidente da República, à época João Batista Figueiredo. No entanto, a instalação oficial do estado ocorreu apenas em 4 de janeiro de 1982. No ano da criação, o estado era constituído por 13 municípios - Porto Velho (capital), Ariquemes, Cacoal, Colorado do Oeste, Costa Marques, Espigão D'Oeste, Guajará-Mirim, Jaru, Ji-Paraná, Ouro Preto do Oeste, Presidente Médici, Pimenta Bueno e Vilhena. Esses municípios já existiam aqui porque, antes de se tornar estado, Rondônia passou 39 anos como território federal. A ideia do nome 'Rondônia' foi proposta pela primeira vez em 1919, por Roquette Pinto, logo depois da obra de Marechal Cândido Rondon, as linhas telegráficas. O estado também homenageia Marechal Cândido Rondon, expedicionário e patrono das comunicações. Marechal Rondon foi quem acompanhou o grupo que fazia pesquisa topográfica para demarcar estradas e a instalação de postes da linha telegráfica. Já a bandeira que representa Rondônia foi escolhida através de um concurso, em dezembro de 1981. O vencedor foi Sílvio Carvajal Feitosa, que na época tinha 17 anos. Bandeira de Rondônia foi escolhida através de concurso Daiane Mendonça A bandeira de Rondônia ficou composta pelas quatro cores da bandeira do Brasil e está dividida horizontalmente em duas metades. Na metade superior predomina o azul, enquanto no centro há uma estrela de cinco pontas branca. As pontas da estrela ultrapassam o limite da parte azul, invadindo a metade inferior da bandeira. A metade inferior da bandeira é divida em três partes, sendo um triângulo verde e outras duas partes de triângulos amarelos. 1ª sede do governo O Palácio Getúlio Vargas, localizado em Porto Velho, foi a primeira sede do poder executivo de Rondônia. O primeiro governador a ocupar a cadeira do prédio, em 1982, foi o coronel Jorge Teixeira de Oliveira. Assista abaixo a história do Palácio Getúlio Vargas, que hoje funciona como Museu da Memória Rondoniense: Rondônia 40 anos: Conheça um pouco do prédio Palácio Getúlio Vargas Depois de se tornar estado, o crescimento de Rondônia não parou e, em 40 anos, foram criados mais 39 municípios. A capital Porto Velho tem o peso econômico, com quase 40% do Produto Interno Bruto (PIB), e cerca de 550 mil habitantes, o que equivale a quase 30% da população do estado. Enquanto isso Ji-Paraná, que é a segunda maior cidade, tem 130 mil. Rondônia 40 anos: Histórias, personagens e curiosidades marcam a criação do Estado De 1912 a 1970: veja cronologia dos crimes em Rondônia Veja curiosidades sobre o Palácio Getúlio Vargas