Projetos de saúde do Centro Regional de Reabilitação em Divinópolis são selecionados em Congresso Internacional

Trabalhos selecionados foram o 'Perfil dos pacientes com complicações pós-Covid-19' e 'Acompanhamento de pacientes com diagnóstico de fibromialgia'. Congresso de Atenção Integral à Saúde é destinado ao intercâmbio de experiências entre pesquisadores do Brasil e Portugal. Atendimento no Crer em Divinópolis; foto de arquivo Prefeitura de Divinópolis/Divulgação O Centro Regional de Reabilitação (Crer) em Divinópolis teve dois projetos de saúde aprovados no I Congresso Luso-Brasileiro de Atenção Integral à Saúde realizado entre os dias 11 e 12 deste mês. A informação foi divulgada na terça-feira (21) pela assessoria da Prefeitura. As iniciativas aprovadas foram o "Perfil dos pacientes com complicações pós-Covid-19" e o "Acompanhamento de pacientes com diagnóstico de fibromialgia". O congresso é um evento internacional destinado ao intercâmbio de experiências entre pesquisadores do Brasil-Portugal, bem como à divulgação científica dos profissionais de saúde. Acompanhamento pacientes com fibromialgia O “Acompanhamento de pacientes com diagnóstico de fibromialgia” foi idealizado pela nutricionista Juliana Mara Bicalho, a fisioterapeuta Giselle Chagas, a psicóloga Michelle Meira, a terapeuta ocupacional Telme Resende e a coordenadora do Crer, Fernanda Maria Amaral. A Prefeitura explicou que o objetivo do trabalho foi relatar a experiência do acompanhamento multiprofissional de 6 pacientes do sexo feminino com diagnóstico de fibromialgia entre agosto e outubro de 2021. As pacientes foram acompanhadas semanalmente, por cerca de três meses, por equipe multiprofissional no Crer composta por fisioterapeuta, nutricionista, psicólogo e terapeuta ocupacional. Ao fim do acompanhamento foi observada a redução nos impactos negativos da fibromialgia no bem-estar geral das pacientes. As mudanças percebidas incluíram melhora no sono, no humor e no desempenho no trabalho, além de diminuição das queixas de dor. O tratamento multiprofissional dos pacientes com fibromialgia possibilitou a construção do cuidado integral à saúde, melhorando diferentes aspectos na vida de cada participante. Com a implantação do acompanhamento multiprofissional em outros pacientes, inclusive na Atenção Primária à Saúde, ocorreu a redução dos impactos negativos atribuídos à experiência de vivencia dos pacientes com a doença. Síndrome pós-Covid-19 O segundo trabalho selecionado pelo Congresso foi o “Perfil dos pacientes com complicações pós-Covid-19”, de autoria das fisioterapeutas Alice Aparecida da Silva, Dilvânia Santos, Virgínia Vitalina Lima, da nutricionista Juliana Mara Bicalho e da coordenadora do Crer, Fernanda Maria Amaral. A implantação do serviço de reabilitação pós-Covid-19 ocorreu em fevereiro de 2021 no Crer. O espaço conta com equipe multiprofissional composta por 15 fisioterapeutas, duas terapeutas ocupacionais, três fonoaudiólogas, três nutricionistas, dois psicólogos e uma enfermeira. A Prefeitura não deu detalhes sobre a execução desse projeto. Congresso O g1 entrou em contato com a Prefeitura nesta quarta-feira (22) para saber outros detalhes sobre a participação da cidade no congresso, mas até a publicação desta reportagem não teve retorno. VÍDEOS: veja tudo sobre o Centro-Oeste de Minas

Projetos de saúde do Centro Regional de Reabilitação em Divinópolis são selecionados em Congresso Internacional

Trabalhos selecionados foram o 'Perfil dos pacientes com complicações pós-Covid-19' e 'Acompanhamento de pacientes com diagnóstico de fibromialgia'. Congresso de Atenção Integral à Saúde é destinado ao intercâmbio de experiências entre pesquisadores do Brasil e Portugal. Atendimento no Crer em Divinópolis; foto de arquivo Prefeitura de Divinópolis/Divulgação O Centro Regional de Reabilitação (Crer) em Divinópolis teve dois projetos de saúde aprovados no I Congresso Luso-Brasileiro de Atenção Integral à Saúde realizado entre os dias 11 e 12 deste mês. A informação foi divulgada na terça-feira (21) pela assessoria da Prefeitura. As iniciativas aprovadas foram o "Perfil dos pacientes com complicações pós-Covid-19" e o "Acompanhamento de pacientes com diagnóstico de fibromialgia". O congresso é um evento internacional destinado ao intercâmbio de experiências entre pesquisadores do Brasil-Portugal, bem como à divulgação científica dos profissionais de saúde. Acompanhamento pacientes com fibromialgia O “Acompanhamento de pacientes com diagnóstico de fibromialgia” foi idealizado pela nutricionista Juliana Mara Bicalho, a fisioterapeuta Giselle Chagas, a psicóloga Michelle Meira, a terapeuta ocupacional Telme Resende e a coordenadora do Crer, Fernanda Maria Amaral. A Prefeitura explicou que o objetivo do trabalho foi relatar a experiência do acompanhamento multiprofissional de 6 pacientes do sexo feminino com diagnóstico de fibromialgia entre agosto e outubro de 2021. As pacientes foram acompanhadas semanalmente, por cerca de três meses, por equipe multiprofissional no Crer composta por fisioterapeuta, nutricionista, psicólogo e terapeuta ocupacional. Ao fim do acompanhamento foi observada a redução nos impactos negativos da fibromialgia no bem-estar geral das pacientes. As mudanças percebidas incluíram melhora no sono, no humor e no desempenho no trabalho, além de diminuição das queixas de dor. O tratamento multiprofissional dos pacientes com fibromialgia possibilitou a construção do cuidado integral à saúde, melhorando diferentes aspectos na vida de cada participante. Com a implantação do acompanhamento multiprofissional em outros pacientes, inclusive na Atenção Primária à Saúde, ocorreu a redução dos impactos negativos atribuídos à experiência de vivencia dos pacientes com a doença. Síndrome pós-Covid-19 O segundo trabalho selecionado pelo Congresso foi o “Perfil dos pacientes com complicações pós-Covid-19”, de autoria das fisioterapeutas Alice Aparecida da Silva, Dilvânia Santos, Virgínia Vitalina Lima, da nutricionista Juliana Mara Bicalho e da coordenadora do Crer, Fernanda Maria Amaral. A implantação do serviço de reabilitação pós-Covid-19 ocorreu em fevereiro de 2021 no Crer. O espaço conta com equipe multiprofissional composta por 15 fisioterapeutas, duas terapeutas ocupacionais, três fonoaudiólogas, três nutricionistas, dois psicólogos e uma enfermeira. A Prefeitura não deu detalhes sobre a execução desse projeto. Congresso O g1 entrou em contato com a Prefeitura nesta quarta-feira (22) para saber outros detalhes sobre a participação da cidade no congresso, mas até a publicação desta reportagem não teve retorno. VÍDEOS: veja tudo sobre o Centro-Oeste de Minas