Prisão de acusados na morte de Emily e Rebecca é decretada

Meninas foram atingidas por balas perdidas e polícia suspeita que traficantes sejam os responsáveis

Prisão de acusados na morte de Emily e Rebecca é decretada
As primas Emilly (de óculos) e Rebecca foram atingidas pelo mesmo tiro de fuzilReprodução

De acordo com o MP, os tiros que atingiram as duas meninas foram disparados por homens ainda não identificados que atuavam como vigias da região de atuação dos denunciados. Eles teriam avistado uma viatura da Polícia Militar circulando em local próximo, na Av. Gomes Freire e, seguindo determinações e ordens dos denunciados, para proteger o seu território e com intenção matar os integrantes da viatura, efetuaram disparo de arma de fogo. Por erro na execução, os tiros atingiram Emily e Rebecca. Leandro Santos Sabino e Lázaro da Silva Alves foram denunciados por associação para o tráfico e dois homicídios duplamente qualificados.

Emily Victoria, de 4 anos, e Rebecca Beatriz, de 7, brincavam na calçada de casa, no Barro Vermelho, em Gramacho, durante um intenso tiroteio. Na época, a avó de Rebecca e tia de Emilly, Lídia da Silva Moreira Santos contou que viu policiais atirarem da viatura em direção à rua e que não houve confronto com criminosos. Segundo ela, a mesma bala atingiu as duas crianças.

Leia mais...