Prefeitura mantém flexibilizações e multa de R$ 100 por não uso de máscaras em Varginha, MG

Utilização do equipamento pelas ruas da cidade continua obrigatório, conforme decreto publicado pela prefeitura nesta quinta-feira (30). A Prefeitura de Varginha publicou novo decreto, nesta quinta-feira (30), em que mantém as flexibilizações que estavam em vigor no comércio da cidade. A administração municipal também ressaltou que a multa de R$ 100 para quem não utilizar máscaras pela rua do município permanece válida no município. Conforme o decreto, todas as atividades continuam autorizadas a funcionar todos os dias da semana, seguindo os protocolos de prevenção à Covid-19. A manutenção é válida, conforme o documento, até o dia 31 de março de 2022. No caso de eventos, a prefeitura destaca que a lotação máxima segue sem ser permitida nos eventos em geral, festivos, musicais e esportivos. Esse tipo de evento tem necessidade dos protocolos próprios. Prefeitura mantém flexibilizações e multa de R$ 100 por não uso de máscaras em Varginha, MG Franco Jr. Uso de máscaras O decreto também frisa que a multa de R$ 100 para quem circular sem máscara pelas ruas da cidade está mantida. A administração municipal ressaltou que os estudos para verificar a futura dispensa da utilização seguem mantidos. A prática de atividades físicas em equipamentos públicos municipais pode ser realizada sem a utilização de máscaras de proteção para quem estiver vacinado com as duas doses da vacina contra Covid-19. Já a prática de atividades físicas e/ou esportivas em geral, ainda que realizada coletivamente, poderá ser realiza sem máscara. Isso para pessoas já vacinadas com, pelo menos duas doses. Os estabelecimentos poderão exigir a comprovação. Mais manutenções Os estabelecimentos comerciais e aos estabelecimentos em geral, como associações, instituições, entidades, dentre outros, podem funcionar com ocupação de até 100% da capacidade. É necessário que as normas estabelecidas nos protocolos sanitários específicos sejam feitas. Os restaurantes, bares, lanchonetes, pizzarias, lojas de conveniência e estabelecimentos congêneres seguem os protocolos sanitários específicos para o setor de alimentação editados pela Vigilância Sanitária Municipal. Já as apresentações musicais ao vivo em bares e restaurantes, devem observar as determinações do protocolo especifico para essa modalidade. VÍDEOS: Veja tudo sobre o Sul de Minas Veja mais notícias da região no g1 Sul de Minas

Prefeitura mantém flexibilizações e multa de R$ 100 por não uso de máscaras em Varginha, MG

Utilização do equipamento pelas ruas da cidade continua obrigatório, conforme decreto publicado pela prefeitura nesta quinta-feira (30). A Prefeitura de Varginha publicou novo decreto, nesta quinta-feira (30), em que mantém as flexibilizações que estavam em vigor no comércio da cidade. A administração municipal também ressaltou que a multa de R$ 100 para quem não utilizar máscaras pela rua do município permanece válida no município. Conforme o decreto, todas as atividades continuam autorizadas a funcionar todos os dias da semana, seguindo os protocolos de prevenção à Covid-19. A manutenção é válida, conforme o documento, até o dia 31 de março de 2022. No caso de eventos, a prefeitura destaca que a lotação máxima segue sem ser permitida nos eventos em geral, festivos, musicais e esportivos. Esse tipo de evento tem necessidade dos protocolos próprios. Prefeitura mantém flexibilizações e multa de R$ 100 por não uso de máscaras em Varginha, MG Franco Jr. Uso de máscaras O decreto também frisa que a multa de R$ 100 para quem circular sem máscara pelas ruas da cidade está mantida. A administração municipal ressaltou que os estudos para verificar a futura dispensa da utilização seguem mantidos. A prática de atividades físicas em equipamentos públicos municipais pode ser realizada sem a utilização de máscaras de proteção para quem estiver vacinado com as duas doses da vacina contra Covid-19. Já a prática de atividades físicas e/ou esportivas em geral, ainda que realizada coletivamente, poderá ser realiza sem máscara. Isso para pessoas já vacinadas com, pelo menos duas doses. Os estabelecimentos poderão exigir a comprovação. Mais manutenções Os estabelecimentos comerciais e aos estabelecimentos em geral, como associações, instituições, entidades, dentre outros, podem funcionar com ocupação de até 100% da capacidade. É necessário que as normas estabelecidas nos protocolos sanitários específicos sejam feitas. Os restaurantes, bares, lanchonetes, pizzarias, lojas de conveniência e estabelecimentos congêneres seguem os protocolos sanitários específicos para o setor de alimentação editados pela Vigilância Sanitária Municipal. Já as apresentações musicais ao vivo em bares e restaurantes, devem observar as determinações do protocolo especifico para essa modalidade. VÍDEOS: Veja tudo sobre o Sul de Minas Veja mais notícias da região no g1 Sul de Minas