Prefeito determina reforço nas equipes para atender casos de síndrome gripal em Várzea Grande

Várzea Grande definiu cerca de 30 médicos, enfermeiros e técnicos já reforçam as quatro unidades que foram destinadas para atendimento dos casos de gripe, como as UPAs IPASE e Cristo Rei, e as Clínicas de Atenção a Família do Jardim Glória e do 24 de Dezembro. Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI). “Além do remanejamento de profissionais médicos e de enfermagem, o Hospital Pronto Socorro Municipal e também recebe os casos mais graves da Gripe H3N2 e todos que procurarem atendimento serão atendidos, receberão tratamento e medicamentos e se necessário exames e até mesmo internação que é no último caso”, disse o prefeito que esteve ontem e hoje visitando as unidades e vendo quais medidas ainda podem ser adotadas para atender a demanda que é grande já que atingimos nos últimos sete dias entre 7,2 mil até 9,8 mil atendimentos extras”, disse o prefeito Kalil Baracat. Ele lembrou que quase 58% dos atendimentos realizados foram de pacientes de outras cidades do Estado e até mesmo de Estados vizinhos e até mesmo de outros países com quem Mato Grosso faz fronteira. O secretário de Saúde, Gonçalo Barros que esteve em todas as unidades de saúde que realizam os atendimentos especializados assegurou que não faltará atendimento, exames e nem medicamentos e que atrasos são comuns até pelo fato das UPA em média atenderem entre 500 e 800 pacientes e estarem realizando mais de 1.500 procedimentos durante 24 horas. “Eu mesmo fiquei por horas no ...

Prefeito determina reforço nas equipes para atender casos de síndrome gripal em Várzea Grande
Várzea Grande definiu cerca de 30 médicos, enfermeiros e técnicos já reforçam as quatro unidades que foram destinadas para atendimento dos casos de gripe, como as UPAs IPASE e Cristo Rei, e as Clínicas de Atenção a Família do Jardim Glória e do 24 de Dezembro. Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI). “Além do remanejamento de profissionais médicos e de enfermagem, o Hospital Pronto Socorro Municipal e também recebe os casos mais graves da Gripe H3N2 e todos que procurarem atendimento serão atendidos, receberão tratamento e medicamentos e se necessário exames e até mesmo internação que é no último caso”, disse o prefeito que esteve ontem e hoje visitando as unidades e vendo quais medidas ainda podem ser adotadas para atender a demanda que é grande já que atingimos nos últimos sete dias entre 7,2 mil até 9,8 mil atendimentos extras”, disse o prefeito Kalil Baracat. Ele lembrou que quase 58% dos atendimentos realizados foram de pacientes de outras cidades do Estado e até mesmo de Estados vizinhos e até mesmo de outros países com quem Mato Grosso faz fronteira. O secretário de Saúde, Gonçalo Barros que esteve em todas as unidades de saúde que realizam os atendimentos especializados assegurou que não faltará atendimento, exames e nem medicamentos e que atrasos são comuns até pelo fato das UPA em média atenderem entre 500 e 800 pacientes e estarem realizando mais de 1.500 procedimentos durante 24 horas. “Eu mesmo fiquei por horas no ...