Polícia usa granada de gás lacrimogênio para impedir assalto a banco em MG; adolescente de 17 anos foi detido

Policiais usaram uma granada de gás lacrimogênio para fazer com que o menor e um comparsa saíssem de dentro do estabelecimento. Segundo a Polícia Militar, o adolescente é suspeito de participar de outros dois assaltos em agências bancárias da cidade. Banco de Coronel Fabriciano sofre tentativa de assalto Um adolescente de 17 anos foi apreendido na noite desta terça-feira (17), depois de tentar assaltar uma agência bancária, no Centro de Coronel Fabriciano. Segundo a Polícia Militar, o alarme da agência disparou e um segurança do estabelecimento verificou pelo sistema de monitoramento de câmera, que dois indivíduos estavam na gerência do banco que fica na parte interna do imóvel. Os suspeitos pegaram notebooks e tentaram acessar a parte administrativa da agência bancária. Os militares cercaram as imediações do banco. O sistema de segurança do local disparou o alarme e uma intensa fumaça branca. De acordo com a PM, a fumaça dificultou a entrada deles. O alarme foi desligado para facilitar a ação da polícia, mas, segundo os militares mesmo com assim, a fumaça ainda continuou muito forte. Uma granada de gás lacrimogênio foi jogada pelos policiais dentro da agência, para fazer com que os suspeitos saíssem de lá. Neste momento o adolescente saiu e foi detido. Ele contou que o comparsa conseguiu fugir quando o alarme disparou; a ação dos policiais durou cerca de 30 minutos. De acordo com a polícia, o adolescente tem passagens em pelo menos outros dois roubos a agências bancárias na cidade, onde teria inclusive roubado vários coletes balísticos. Com a explosão da granada, uma das portas da agência foi destruída e ficou sob responsabilidade do gerente da agência. Nada foi levado pelos suspeitos. O comparsa do adolescente ainda não foi localizado pela polícia. O local foi periciado por uma equipe da Polícia Civil na manhã desta quarta-feira (18). VÍDEOS: veja tudo sobre o Leste e Nordeste de MG Veja mais notícias da região em g1 Vales de Minas Gerais.

Polícia usa granada de gás lacrimogênio para impedir assalto a banco em MG; adolescente de 17 anos foi detido
Policiais usaram uma granada de gás lacrimogênio para fazer com que o menor e um comparsa saíssem de dentro do estabelecimento. Segundo a Polícia Militar, o adolescente é suspeito de participar de outros dois assaltos em agências bancárias da cidade. Banco de Coronel Fabriciano sofre tentativa de assalto Um adolescente de 17 anos foi apreendido na noite desta terça-feira (17), depois de tentar assaltar uma agência bancária, no Centro de Coronel Fabriciano. Segundo a Polícia Militar, o alarme da agência disparou e um segurança do estabelecimento verificou pelo sistema de monitoramento de câmera, que dois indivíduos estavam na gerência do banco que fica na parte interna do imóvel. Os suspeitos pegaram notebooks e tentaram acessar a parte administrativa da agência bancária. Os militares cercaram as imediações do banco. O sistema de segurança do local disparou o alarme e uma intensa fumaça branca. De acordo com a PM, a fumaça dificultou a entrada deles. O alarme foi desligado para facilitar a ação da polícia, mas, segundo os militares mesmo com assim, a fumaça ainda continuou muito forte. Uma granada de gás lacrimogênio foi jogada pelos policiais dentro da agência, para fazer com que os suspeitos saíssem de lá. Neste momento o adolescente saiu e foi detido. Ele contou que o comparsa conseguiu fugir quando o alarme disparou; a ação dos policiais durou cerca de 30 minutos. De acordo com a polícia, o adolescente tem passagens em pelo menos outros dois roubos a agências bancárias na cidade, onde teria inclusive roubado vários coletes balísticos. Com a explosão da granada, uma das portas da agência foi destruída e ficou sob responsabilidade do gerente da agência. Nada foi levado pelos suspeitos. O comparsa do adolescente ainda não foi localizado pela polícia. O local foi periciado por uma equipe da Polícia Civil na manhã desta quarta-feira (18). VÍDEOS: veja tudo sobre o Leste e Nordeste de MG Veja mais notícias da região em g1 Vales de Minas Gerais.