Pianista Cristian Sperandir celebra a obra de Geraldo Flach no álbum 'Flachianas'

Tributo é lançado dez anos após a morte do artista gaúcho, expoente da música do sul do Brasil. Pianista Cristian Sperandir Reprodução / Facebook Cristinan Sperandir ♪ Expoente da música instrumental gaúcha que saiu de cena há dez anos, o pianista e compositor porto-alegrense Geraldo Flach (6 de agosto de 1945 – 3 de janeiro de 2011) é celebrado no álbum Flachianas pelo conterrâneo Cristian Sperandir – jovem pianista, arranjador e produtor musical nascido na cidade de Osório (RS) e já apontado como uma das revelações da música do sul do Brasil. No disco Flachianas, Cristian Sperandir (piano e teclados) apresenta – com o toque do grupo formado por Antonio Flores (guitarra), Bruno Coelho (percussão), Caio Maurente (contrabaixo) e Sandro Bonato (bateria) – nove temas do cancioneiro autoral de Flach ao longo das dez faixas do álbum. Rancheirinha (1985) aparece na forma original instrumental e na versão com letra, escrita por Jerônimo Jardim e cantada por Shana Muller. Já Um novo rumo – parceria de Flach com Arthur Verocai apresentada por Elis Regina (1945 – 1982) em festival de 1968 – ganha a voz de Paola Kirst. A seleção de Flachianas – álbum também editado em CD – inclui Cão vadio (Geraldo Flach e Luiz Coronel, 1985), Choro da alma (Geraldo Flach, 1981), Choro por Júlio (Geraldo Flach, 2004) e Voo da águia (Geraldo Flach, 1993). Capa do álbum 'Flachianas', de Cristian Sperandir Divulgação

Pianista Cristian Sperandir celebra a obra de Geraldo Flach no álbum 'Flachianas'

Tributo é lançado dez anos após a morte do artista gaúcho, expoente da música do sul do Brasil. Pianista Cristian Sperandir Reprodução / Facebook Cristinan Sperandir ♪ Expoente da música instrumental gaúcha que saiu de cena há dez anos, o pianista e compositor porto-alegrense Geraldo Flach (6 de agosto de 1945 – 3 de janeiro de 2011) é celebrado no álbum Flachianas pelo conterrâneo Cristian Sperandir – jovem pianista, arranjador e produtor musical nascido na cidade de Osório (RS) e já apontado como uma das revelações da música do sul do Brasil. No disco Flachianas, Cristian Sperandir (piano e teclados) apresenta – com o toque do grupo formado por Antonio Flores (guitarra), Bruno Coelho (percussão), Caio Maurente (contrabaixo) e Sandro Bonato (bateria) – nove temas do cancioneiro autoral de Flach ao longo das dez faixas do álbum. Rancheirinha (1985) aparece na forma original instrumental e na versão com letra, escrita por Jerônimo Jardim e cantada por Shana Muller. Já Um novo rumo – parceria de Flach com Arthur Verocai apresentada por Elis Regina (1945 – 1982) em festival de 1968 – ganha a voz de Paola Kirst. A seleção de Flachianas – álbum também editado em CD – inclui Cão vadio (Geraldo Flach e Luiz Coronel, 1985), Choro da alma (Geraldo Flach, 1981), Choro por Júlio (Geraldo Flach, 2004) e Voo da águia (Geraldo Flach, 1993). Capa do álbum 'Flachianas', de Cristian Sperandir Divulgação