PEC Eleitoral: Governo estuda manobra para acelerar tramitação

Estratégia é anexar proposta em outra PEC que já está em tramitação na Câmara dos Deputados

PEC Eleitoral: Governo estuda manobra para acelerar tramitação
Deputados deliberam sobre projeto que limita ICMSPaulo Sérgio Câmara/O GLobo

A PEC dos benefícios sociais foi aprovada pelo Senado nessa quinta-feira. A aprovação dessa PEC, segundo juristas, abre um precedente perigoso e irreversível, pois pode permitir que qualquer pretexto seja utilizado tanto para driblar a lei eleitoral como para afrontar a Constituição, criando um "vale-tudo eleitoral". O projeto tem um custo total de R$ 41,2 bilhões.

“Queremos somar os dois textos já votados no Senado e votá-los sem alteração na Câmara, mandando à promulgação. Este é o caminho para entregar o mais breve possível os benefícios que a população espera nesse momento de crise. Vamos trabalhar duro para votar antes do recesso. Esse é o objetivo” disse Barros em vídeo divulgado em suas redes sociais. 

Leia mais...