Papa pede que povo ucraniano não seja esquecido

Líder da Igreja Católica afirmou que "os bombardeios na Ucrânia continuam causando mortes, destruição e sofrimento à população"

Papa pede que povo ucraniano não seja esquecido
Fiéis carregando bandeiras ucraniana na Praça São Pedro, no VaticanoAnsa

Após a oração do Angelus, o líder da Igreja Católica afirmou que "os bombardeios na Ucrânia continuam causando mortes, destruição e sofrimento à população".

A Rússia lançou em 24 de fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia que já matou mais de 4 mil civis, segundo a ONU, que alerta para a probabilidade de o número real ser muito maior.

Leia mais...