Nadadora que desmaiou em prova diz não ter sentido desgaste físico: 'Escureceu de repente'

Em entrevista ao jornal espanhol "El País" nesta sexta-feira (24), a nadadora descreveu o episódio, e afirmou que não percebeu nenhum sinal físico de que estava prestes a perder a consciência. Depois do susto durante prova de nado artístico no Mundial de Esportes Aquáticos em Budapeste (HUN), Anita Alvarez está impedida de voltar a competição nesta semana. "Só senti que estava dando tudo de mim na piscina", afirmou a atleta de 25 anos ao periódico. "Nesta rotina eu estava muito bem, tão cansada como sempre, mas gostando. E quando senti que finalmente poderia me permitir relaxar um pouco, foi o momento em que tudo ficou escuro. Não me lembro de mais nada depois disso", completou. [render name="Leia mais" contentId="1.3247960"] O quadro de exaustão veio ao término da apresentação de Álvarez no solo do nado artístico. Ela perdeu os sentidos repentinamente e afundou na água desacordada. A sua treinadora, a espanhola Andrea Fuentes, agiu rápido e saltou na piscina para resgatar a nadadora. Toda a cena, que percorreu o mundo em fotos, durou cerca de dois minutos. HISTÓRICO DA ATLETA O desmaio no Mundial de Budapeste não foi o primeiro de Anita Álvarez. Na edição passada, em Barcelona, ela desmaiou durante as Eliminatórias para os Jogos Olímpicos de Tóquio. A perda de consciência da última quarta-feira, contudo, foi diferente. "No passado, eu senti que estava desmaiando. Desta vez, acredito que estava muito conectada mentalmente, tão focado em meu papel, vivendo o momento tão intensamente, que realmente estava desfrutando de minha atuação. Então, segui, segui e segui", explicou. A atleta voltaria a competir nesta sexta-feira a prova livre por equipes do nado artístico em Budapeste, mas foi impedida pela equipe médica do Mundial. >

Nadadora que desmaiou em prova diz não ter sentido desgaste físico: 'Escureceu de repente'
Em entrevista ao jornal espanhol "El País" nesta sexta-feira (24), a nadadora descreveu o episódio, e afirmou que não percebeu nenhum sinal físico de que estava prestes a perder a consciência. Depois do susto durante prova de nado artístico no Mundial de Esportes Aquáticos em Budapeste (HUN), Anita Alvarez está impedida de voltar a competição nesta semana. "Só senti que estava dando tudo de mim na piscina", afirmou a atleta de 25 anos ao periódico. "Nesta rotina eu estava muito bem, tão cansada como sempre, mas gostando. E quando senti que finalmente poderia me permitir relaxar um pouco, foi o momento em que tudo ficou escuro. Não me lembro de mais nada depois disso", completou. [render name="Leia mais" contentId="1.3247960"] O quadro de exaustão veio ao término da apresentação de Álvarez no solo do nado artístico. Ela perdeu os sentidos repentinamente e afundou na água desacordada. A sua treinadora, a espanhola Andrea Fuentes, agiu rápido e saltou na piscina para resgatar a nadadora. Toda a cena, que percorreu o mundo em fotos, durou cerca de dois minutos. HISTÓRICO DA ATLETA O desmaio no Mundial de Budapeste não foi o primeiro de Anita Álvarez. Na edição passada, em Barcelona, ela desmaiou durante as Eliminatórias para os Jogos Olímpicos de Tóquio. A perda de consciência da última quarta-feira, contudo, foi diferente. "No passado, eu senti que estava desmaiando. Desta vez, acredito que estava muito conectada mentalmente, tão focado em meu papel, vivendo o momento tão intensamente, que realmente estava desfrutando de minha atuação. Então, segui, segui e segui", explicou. A atleta voltaria a competir nesta sexta-feira a prova livre por equipes do nado artístico em Budapeste, mas foi impedida pela equipe médica do Mundial. >