MPAC promove capacitação de pais e alunos em mediação de conflitos

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), por meio do Núcleo Permanente de Incentivo à Autocomposição (Napaz), realizou, nos dias 5 e 11 de maio, uma capacitação em mediação de conflitos destinada aos pais e alunos do ensino fundamental da escola Frei Heitor Turrini, na cidade do Povo. Ministrada pela coordenadora-geral do Napaz, promotora […] O post MPAC promove capacitação de pais e alunos em mediação de conflitos apareceu primeiro em Jornal Opinião.

MPAC promove capacitação de pais e alunos em mediação de conflitos

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), por meio do Núcleo Permanente de Incentivo à Autocomposição (Napaz), realizou, nos dias 5 e 11 de maio, uma capacitação em mediação de conflitos destinada aos pais e alunos do ensino fundamental da escola Frei Heitor Turrini, na cidade do Povo.

Ministrada pela coordenadora-geral do Napaz, promotora de Justiça Diana Soraia Tabalipa Pimentel, e pela equipe do órgão auxiliar do MP acreano, a oficina é uma etapa do projeto “Mediação: intervenção efetiva nos conflitos escolares”, que visa promover a sensibilização e capacitação da comunidade escolar a fim de disseminar a cultura de paz, fortalecer o diálogo mútuo e renovar o conceito de Justiça.

Por meio de atividades lúdicas, exercícios e propondo uma interação sobre o tema, pais e alunos foram apresentados à exemplos de diálogos do cotidiano com comparações, julgamentos e outros aspectos que demonstram como uma comunicação pode ser violenta. Bastante participativos na capacitação, conheceram modos não violentos de se expressar e refletiram sobre formas mais adequadas de comunicação.

Em abril, foi realizada uma formação para 19 professores da mesma escola, desta vez com uma abordagem de conceitos teóricos e práticos de resolução de conflitos em ambiente escolar e uma oficina sobre comunicação não violenta. A ideia é que os educadores repliquem os ensinamentos sobre o tema na sala de aula, disseminando mudanças nas habilidades e competências comunicativas e propondo outra maneira de lidar com conflitos na escola e em casa.

“Nossa intenção é ensinar a linguagem da paz, que as pessoas aprendam a se comunicar de uma forma não violenta e saibam mediar conflitos. Que sejam protagonistas de suas vidas e, quando tiverem um conflito, saibam conversar sobre esse problema e achar uma solução”, explica a coordenadora-geral do Napaz.

Com oficinas semanais para toda a comunidade escolar, o projeto nesta etapa pretende avançar nos círculos de diálogo com os alunos e na consolidação de um grupo de mediadores para atuar especificamente no estabelecimento de ensino. Além da Frei Heitor Turrini, a escola Padre Carlos Casavecchia será outro espaço de desenvolvimento do projeto na fase piloto.

Entre as metas de médio e longo prazo, além de buscar a interiorização do projeto, o objetivo é que as ações já realizadas pelo Napaz, que atua na resolução extrajudicial de conflitos e na busca por soluções pacíficas através da mediação, sejam expandidas e difundidas, ajudando a evitar a excessiva judicialização das demandas sociais.

O post MPAC promove capacitação de pais e alunos em mediação de conflitos apareceu primeiro em Jornal Opinião.