Medidas preventivas aumentam após crescimento de casos de dengue no Sul de Minas

Superintendência Regional de Saúde registrou aumento significativo de casos em Campanha, Baependi, Nepomuceno, São Tomé das Letras e Ribeirão Vermelho. Autoridades de Saúde acompanham crescimento de casos de dengue no Sul de Minas O número de casos de dengue tem aumentado no Sul de Minas e há cidades em que a quantidade de registros cresceu mais de 1.000%. A Superintendência Regional de Saúde registrou aumento significativo de casos em Campanha, Baependi, Nepomuceno, São Tomé das Letras e Ribeirão Vermelho. Isso fez o órgão intensificar as medidas de combate ao mosquito transmissor. Em Campanha, por exemplo, foram registrados cinco casos em abril e a quantidade subiu no início de maio para 72, contabilizando um aumento de 1.300%. Esse número já dobrou novamente, e o último levantamento de casos prováveis, feito no dia 24 de maio, aponta 146 registros no município. Baependi começou o mês passado com 223 casos e o número saltou para 702, conforme o último levantamento. É a cidade que tem mais casos prováveis no Sul de Minas. Além das duas cidades, Nepomuceno, São Tomé das Letras e Ribeirão Vermelho também tiveram aumentos consideráveis, segundo a SRS. Medidas preventivas aumentam após crescimento de casos de dengue no Sul de Minas Reprodução/EPTV Com o problema crescendo, a regional de saúde de Varginha intensificou as medidas de combate ao mosquito transmissor da doença. “A Regional de Saúde de Varginha, por meio do Setor de Vigilância Epidemiológica, vem ofertando apoio técnico específico para esses municípios em alta transmissão. Por meio do Comitê Regional de Enfrentamento a Doenças por Viroses, são tratadas ações estratégicas referentes à vigilância epidemiológica como notificação e investigação de casos, vigilância laboratorial como coleta de amostras para identificação de sorotipos circulantes, ações de controle vetorial como remoção e eliminação de criadouros e assistência e saúde do paciente caso suspeita de dengue”, explicou Divina Roselaine da Silva, que é Referência Técnica da SRS de Varginha. As cidades receberam a aplicação de fumacê. Além disso, foram feitas ações como blitz educativas, colagem de cartazes, palestras em escolas, entre outras ações em Campanha. Em Nepomuceno aconteceram reuniões para ajustes da divulgação de conscientização nas redes sociais. VÍDEOS: Veja tudo sobre o Sul de Minas Veja mais notícias da região no g1 Sul de Minas

Medidas preventivas aumentam após crescimento de casos de dengue no Sul de Minas

Superintendência Regional de Saúde registrou aumento significativo de casos em Campanha, Baependi, Nepomuceno, São Tomé das Letras e Ribeirão Vermelho. Autoridades de Saúde acompanham crescimento de casos de dengue no Sul de Minas O número de casos de dengue tem aumentado no Sul de Minas e há cidades em que a quantidade de registros cresceu mais de 1.000%. A Superintendência Regional de Saúde registrou aumento significativo de casos em Campanha, Baependi, Nepomuceno, São Tomé das Letras e Ribeirão Vermelho. Isso fez o órgão intensificar as medidas de combate ao mosquito transmissor. Em Campanha, por exemplo, foram registrados cinco casos em abril e a quantidade subiu no início de maio para 72, contabilizando um aumento de 1.300%. Esse número já dobrou novamente, e o último levantamento de casos prováveis, feito no dia 24 de maio, aponta 146 registros no município. Baependi começou o mês passado com 223 casos e o número saltou para 702, conforme o último levantamento. É a cidade que tem mais casos prováveis no Sul de Minas. Além das duas cidades, Nepomuceno, São Tomé das Letras e Ribeirão Vermelho também tiveram aumentos consideráveis, segundo a SRS. Medidas preventivas aumentam após crescimento de casos de dengue no Sul de Minas Reprodução/EPTV Com o problema crescendo, a regional de saúde de Varginha intensificou as medidas de combate ao mosquito transmissor da doença. “A Regional de Saúde de Varginha, por meio do Setor de Vigilância Epidemiológica, vem ofertando apoio técnico específico para esses municípios em alta transmissão. Por meio do Comitê Regional de Enfrentamento a Doenças por Viroses, são tratadas ações estratégicas referentes à vigilância epidemiológica como notificação e investigação de casos, vigilância laboratorial como coleta de amostras para identificação de sorotipos circulantes, ações de controle vetorial como remoção e eliminação de criadouros e assistência e saúde do paciente caso suspeita de dengue”, explicou Divina Roselaine da Silva, que é Referência Técnica da SRS de Varginha. As cidades receberam a aplicação de fumacê. Além disso, foram feitas ações como blitz educativas, colagem de cartazes, palestras em escolas, entre outras ações em Campanha. Em Nepomuceno aconteceram reuniões para ajustes da divulgação de conscientização nas redes sociais. VÍDEOS: Veja tudo sobre o Sul de Minas Veja mais notícias da região no g1 Sul de Minas