MEC e Microsoft firmam acordo para recuperar ensino de mais de 38 milhões de estudantes

MEC pretende disponibilizar a primeira versão da plataforma já no mês de maio Marcelo Camargo/ Agência Brasil O MEC (Ministério da Educação) anunciou na última segunda-feira (18) um acordo de cooperação técnica junto a Microsoft, para a recuperação de aprendizagem de mais de 38 milhões de estudantes brasileiros. O acordo garante a cooperação técnica que trará fortalecimento da disponibilização das soluções Office 365 gratuitamente para toda a educação pública brasileira. Serão quase 138 mil escolas públicas beneficiadas. Leia também Projeto leva simulações de assembleias da ONU a Etecs SP: Bolsa do Povo Educação tem 948 vagas para atuação em escolas Saiba quem foi Tiradentes e qual foi o seu papel na Inconfidência A ação faz parte de uma proposta que busca a criação de uma plataforma que integrará e disponibilizará soluções e iniciativas que envolvam recursos tecnológicos para apoio às redes educacionais nos seus diferentes níveis de maturidade, aprimorando o processo de recuperação dos atrasos ou quebra de continuidade das aprendizagens gerados pela pandemia, além de apoiar o ensino híbrido e digital.  Ainda no início de maio, o MEC pretende disponibilizar a primeira versão da plataforma a qual contemplará a solução Office 365 Educacional A1. Trata-se da primeira parceria celebrada pelo MEC para consolidação do ecossistema de inovação e soluções digitais educacionais, que está sendo conduzida pela Subsecretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação. Além de trabalhar pela recuperação das aprendizagens, os acordos e ações derivadas têm como intuito aproximar a rede educacional, pública e privada. O MEC informa que além da Microsoft, pioneira no projeto, também estão sendo ajustados e firmados acordos com Google, Amazon, Oracle, Adobe, entre outras empresas de tecnologia. Novos interessados em participar da iniciativa podem procurar a pasta, por meio da Subsecretaria de Tecnologia, para análise de viabilidade e consolidação de novas oportunidades, pelo e-mail: stic-gab@mec.gov.br. Veja também Portal Correio Enem 2022 registrou 1,9 milhão de pedidos de isenção; resultado sai dia 22 Educação Prouni: último dia para selecionados em lista de espera comprovar dados Educação Unicamp em Limeira? USP em Bauru? Conheça os campi 'escondidos' das universidades   

MEC e Microsoft firmam acordo para recuperar ensino de mais de 38 milhões de estudantes
MEC pretende disponibilizar a primeira versão da plataforma já no mês de maio
MEC pretende disponibilizar a primeira versão da plataforma já no mês de maio Marcelo Camargo/ Agência Brasil

O MEC (Ministério da Educação) anunciou na última segunda-feira (18) um acordo de cooperação técnica junto a Microsoft, para a recuperação de aprendizagem de mais de 38 milhões de estudantes brasileiros.

O acordo garante a cooperação técnica que trará fortalecimento da disponibilização das soluções Office 365 gratuitamente para toda a educação pública brasileira. Serão quase 138 mil escolas públicas beneficiadas.

A ação faz parte de uma proposta que busca a criação de uma plataforma que integrará e disponibilizará soluções e iniciativas que envolvam recursos tecnológicos para apoio às redes educacionais nos seus diferentes níveis de maturidade, aprimorando o processo de recuperação dos atrasos ou quebra de continuidade das aprendizagens gerados pela pandemia, além de apoiar o ensino híbrido e digital. 

Ainda no início de maio, o MEC pretende disponibilizar a primeira versão da plataforma a qual contemplará a solução Office 365 Educacional A1. Trata-se da primeira parceria celebrada pelo MEC para consolidação do ecossistema de inovação e soluções digitais educacionais, que está sendo conduzida pela Subsecretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação.

Além de trabalhar pela recuperação das aprendizagens, os acordos e ações derivadas têm como intuito aproximar a rede educacional, pública e privada. O MEC informa que além da Microsoft, pioneira no projeto, também estão sendo ajustados e firmados acordos com Google, Amazon, Oracle, Adobe, entre outras empresas de tecnologia. Novos interessados em participar da iniciativa podem procurar a pasta, por meio da Subsecretaria de Tecnologia, para análise de viabilidade e consolidação de novas oportunidades, pelo e-mail: stic-gab@mec.gov.br.