Marinha do Brasil realiza cerimônia de lançamento do 1º Esquadrão de Aeronaves Remotamente Pilotadas

Mostra de ativação ocorre nesta terça-feira (5) na Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos. O uso das aeronaves irá aumentar a capacidade operacional dos navios durante missões de inteligência, vigilância e reconhecimento. O uso das aeronaves irá aumentar a capacidade operacional dos navios durante missões de inteligência, vigilância e reconhecimento Marinha do Brasil/Divulgação A Marinha do Brasil realiza nesta terça-feira (5) uma cerimônia de lançamento do 1º Esquadrão de Aeronaves Remotamente Pilotadas (EsqdQE-1). O evento ocorre a partir das 11h em São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos do Rio. A mostra de ativação dará início às operações de um novo meio para a Marinha do país. "A criação do EsqdQE-1 é um grande marco na história da Aviação Naval e trará significativo aumento na capacidade operacional dos navios da força naval durante missões de inteligência, vigilância e reconhecimento", disse em nota a Força Aeronaval. Initial plugin text São seis modelos de aeronaves, além de dois lançadores e dois recolhedores, que poderão ser utilizados em terra e em mar para monitoramento de desastres e operações de socorro e salvaguarda da vida humana no mar. De acordo com a Marinha, a Organização Militar (OM) do Setor Operativo, subordinada ao Comando da Força Aeronaval, tem o propósito de contribuir com o processo decisório de planejamento e emprego do Poder Naval por meio da utilização de Aeronaves Remotamente Pilotadas (ARP).

Marinha do Brasil realiza cerimônia de lançamento do 1º Esquadrão de Aeronaves Remotamente Pilotadas

Mostra de ativação ocorre nesta terça-feira (5) na Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos. O uso das aeronaves irá aumentar a capacidade operacional dos navios durante missões de inteligência, vigilância e reconhecimento. O uso das aeronaves irá aumentar a capacidade operacional dos navios durante missões de inteligência, vigilância e reconhecimento Marinha do Brasil/Divulgação A Marinha do Brasil realiza nesta terça-feira (5) uma cerimônia de lançamento do 1º Esquadrão de Aeronaves Remotamente Pilotadas (EsqdQE-1). O evento ocorre a partir das 11h em São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos do Rio. A mostra de ativação dará início às operações de um novo meio para a Marinha do país. "A criação do EsqdQE-1 é um grande marco na história da Aviação Naval e trará significativo aumento na capacidade operacional dos navios da força naval durante missões de inteligência, vigilância e reconhecimento", disse em nota a Força Aeronaval. Initial plugin text São seis modelos de aeronaves, além de dois lançadores e dois recolhedores, que poderão ser utilizados em terra e em mar para monitoramento de desastres e operações de socorro e salvaguarda da vida humana no mar. De acordo com a Marinha, a Organização Militar (OM) do Setor Operativo, subordinada ao Comando da Força Aeronaval, tem o propósito de contribuir com o processo decisório de planejamento e emprego do Poder Naval por meio da utilização de Aeronaves Remotamente Pilotadas (ARP).