Mais de 400 presos ganham benefício da saída temporária de Natal em Roraima

Detentos deixam unidades prisionais a partir desta quarta-feira (22) e devem retornar às unidades até a terça-feira (28) Maioria dos presos de Roraima estão na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, na zona Rural de Boa Vista G1 RR/Arquivo A saída temporária de Natal, que começa nessa quarta-feira (22), foi autorizada para 404 detentos que cumprem pena nas unidades prisionais de Roraima. A informação foi divulgada pela Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc). De acordo com a Sejuc, a lista de beneficiados pela saída temporária é definida pela Justiça Estadual, no cumprimento da Lei de Execuções Penais. Já a Secretaria, que administra o sistema prisional, apenas cumpre com a liberação temporária legal. Ano passado o benefício foi concedido para 334 detentos do sistema prisional de Roraima. Conforme a Sejuc, os 404 presos beneficiados cumprem pena em três unidades do sistema prisional de Roraima, todas em Boa Vista. São elas: Centro de Progressões Penais: 134 Cadeia Pública Feminina de Boa Vista: 17 Cadeia Pública Masculina de Boa Vista: 253 Enquanto estiverem fora, os detentos devem seguir regras estipuladas pela Justiça, como ficar em casa à noite, não frequentar bares, casas noturnas ou estabelecimentos semelhantes. Os presidiários devem retornar às unidades até a terça-feira (28). Caso não voltem, passam a ser considerados foragidos da Justiça e, se forem recapturados, podem perder o direito à progressão de regime, voltando a cumprir pena em regime fechado. Além disso, caso o detento cometa algum crime durante a saída temporária, poderá ter a pena agravada.

Mais de 400 presos ganham benefício da saída temporária de Natal em Roraima

Detentos deixam unidades prisionais a partir desta quarta-feira (22) e devem retornar às unidades até a terça-feira (28) Maioria dos presos de Roraima estão na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, na zona Rural de Boa Vista G1 RR/Arquivo A saída temporária de Natal, que começa nessa quarta-feira (22), foi autorizada para 404 detentos que cumprem pena nas unidades prisionais de Roraima. A informação foi divulgada pela Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc). De acordo com a Sejuc, a lista de beneficiados pela saída temporária é definida pela Justiça Estadual, no cumprimento da Lei de Execuções Penais. Já a Secretaria, que administra o sistema prisional, apenas cumpre com a liberação temporária legal. Ano passado o benefício foi concedido para 334 detentos do sistema prisional de Roraima. Conforme a Sejuc, os 404 presos beneficiados cumprem pena em três unidades do sistema prisional de Roraima, todas em Boa Vista. São elas: Centro de Progressões Penais: 134 Cadeia Pública Feminina de Boa Vista: 17 Cadeia Pública Masculina de Boa Vista: 253 Enquanto estiverem fora, os detentos devem seguir regras estipuladas pela Justiça, como ficar em casa à noite, não frequentar bares, casas noturnas ou estabelecimentos semelhantes. Os presidiários devem retornar às unidades até a terça-feira (28). Caso não voltem, passam a ser considerados foragidos da Justiça e, se forem recapturados, podem perder o direito à progressão de regime, voltando a cumprir pena em regime fechado. Além disso, caso o detento cometa algum crime durante a saída temporária, poderá ter a pena agravada.