Mãe e filho são suspeitos de cometer crime passional em Redenção

Dilza Pereira Viana e o filho Darci Pereira Viana Neto, são apontados como os principais suspeitos da morte de ‘’Primo’’, devido os depoimentos dos dois prestados na Delegacia de Polícia Civil, um dia após o crime, estar cheio de contradição segundo a polícia. A vítima foi morta a tiros no dia 28 de novembro de …

Mãe e filho são suspeitos de cometer crime passional em Redenção
Foto: Reprodução/ Dinho Santos. 

Dilza Pereira Viana e o filho Darci Pereira Viana Neto, são apontados como os principais suspeitos da morte de ‘’Primo’’, devido os depoimentos dos dois prestados na Delegacia de Polícia Civil, um dia após o crime, estar cheio de contradição segundo a polícia.

A vítima foi morta a tiros no dia 28 de novembro de 2021, na área rural do município de Redenção, no sul do Pará, quando chegava na Fazenda Rodeio de propriedade da acusada Dilza Vieira.

Mãe e filho estão sendo apontados como os principais responsáveis pela execução de ‘’Primo’’ que era namorado de Dilza Pereira Viana, principal suspeita de ter mandado matar o companheiro.  Darci Pereira Viana Neto, filho de Dilza Viana, é suspeito de ser o responsável direto  pela execução do namorado da mãe.

A prisão temporária foi solicitada pelo Delegado Marcus Vinicius da Delegacia de Polícia Civil, que preside o inquérito policial.

O crime ocorreu na Fazenda Rodeio, área rural do município de Redenção, quando a vítima chegava na companhia da namorada Dilza Pereira.  Mãe e filho sumiram da cidade, logo assim que a polícia começou a investigar o caso. Nas redes sociais circulam fotos dos dois como procurados pela polícia. Informações levantadas pela reportagem dizem que mãe e filho estariam escondidos em uma cidade do interior do Estado do Goiás. A prisão temporária de 30 tem a finalidade de colher mais detalhes dos suspeitos que foram declarados como foragidos da justiça.

Fonte: Dinho Santos