Lagarto é destaque no Prêmio Oxente Sergipe 2021; Portal Lagartense esteve entre os premiados

Na noite da última terça-feira, 28, foi realizada a solenidade de entrega do Prêmio Oxente Sergipe 2021. O ato homenageou diversos sergipanos que se destacaram em suas respectivas áreas de atuação. Neste sentido, Lagarto foi destaque com o reconhecimento de artistas, desportistas, cantores, historiadores e jornalismo. No quesito jornalismo, o prêmio foi entregue ao diretor […]

Lagarto é destaque no Prêmio Oxente Sergipe 2021; Portal Lagartense esteve entre os premiados

Na noite da última terça-feira, 28, foi realizada a solenidade de entrega do Prêmio Oxente Sergipe 2021. O ato homenageou diversos sergipanos que se destacaram em suas respectivas áreas de atuação. Neste sentido, Lagarto foi destaque com o reconhecimento de artistas, desportistas, cantores, historiadores e jornalismo.

Diretor do Sistema Lagartense de Comunicação foi premiado na categoria jornalismo

No quesito jornalismo, o prêmio foi entregue ao diretor do Sistema Lagartense de Comunicação, Geraldo Caetano. “Esse é mais um reconhecimento que conquistamos em 2021 e que é resultado de um trabalho cuja principal pauta é levar informação e contribuir com o desenvolvimento do nosso povo”, comentou.

Apresentador do Programa Sala de Reboco, da TV Serigy, Luís Laercio Gerônimo

Quem também representou Lagarto na premiação foi o ativista cultural e apresentador do Sala de Reboco na TV Serigy, Luís Laercio Gerônimo, o qual foi destaque com o Café Poético e Filosófico. “O Café Poético e Filosófico tem esse objetivo de dialogar permanentemente com a literatura e a cultura sergipana, então fico muito feliz e agradeço ao Portal Lagartense e a TV Serigy, porque é através deste suporte que tenho chegado em lares sergipanos”, ressaltou.

Gildécio Costaeira, do povoado Campo do Crioulo, dedicou o prêmio à cultura

Outro representante de Lagarto foi o artista plástico naturalista Gildécio Costaeira, do povoado Campo do Crioulo, que destacou a importância do prêmio para as várias iniciativas desenvolvidas em todo o estado. “Esse é um dos prêmios mais importantes do estado e nos trouxe muita alegria, porque pudemos gritar que a arte vai sobreviver. Espero que em 2022 possamos levar a nossa arte para o Brasil e para o mundo, porque esse prêmio nos faz enxergar um ano novo muito melhor”, observou Costaeira.

Já o Mharcyo Cruz foi agraciado com dois prêmios. É que a organização do Oxente Sergipe o homenageou pelo trabalho desenvolvido à frente do Lagarto Futsal e como ator. “Esse prêmio é muito importante para o nosso trabalho. Por isso, digo a todos que acreditem nos seus sonhos e que tentem levar alegria ao máximo de pessoas possíveis, porque isso faz bem e ainda nos deixa com a alma leve”, finalizou.

O Oxente Sergipe também premiou o professor e historiador Dr. Claudefranklin Monteiro, a cantora Letícia Aranha e o artista Benício Júnior.