Klara Castanho agradece apoio após revelar que foi estuprada e entregou bebê para adoção

Carta aberta assinada pela atriz foi publicada em redes sociais. Atriz disse que profissionais de hospital vazaram história sem o seu consentimento. Klara Castanho repudia vazamento e revela que foi estuprada e entregou bebê para adoção Klara Castanho agradeceu o apoio que tem recebido após revelar que foi estuprada e entregou bebê para adoção. A atriz de 21 anos, que disse ter decidido falar sobre o assunto após a história vazar, recebeu apoio público de famosos nas redes sociais. 'Minha história se tornar pública não foi um desejo meu': leia a íntegra do relato A Taís Araujo, que disse ter obrigação de "acolher publicamente" a atriz, Klara comentou: "Eu amo você, e não é dessa vida. Obrigada, Tais". No post de Thalita Rebouças, que disse que a atriz virou "filha do coração", Klara escreveu: "Te amo com todo meu coração". No post de Bruno Mazzeo, que homenageou a atriz relembrando que fez papel de seu pai no cinema e disse querer dar um abraço na atriz "e ver de perto esse sorriso que há de voltar", Klara comentou: "Obrigada por esse cuidado tão grande. Obrigada!" No post da também atriz Carol Castro, que homenageou a atriz com uma foto das duas na Colômbia e disse estar "em choque", Klara agradeceu: "Obrigada por estar e sempre ter estado aqui. Te amo. Só te amo mil vezes". A Dadá Coelho, que escreveu sobre "o mundo estar muito doente" e disse que a atriz "emana luz sobre as outras pessoas", Klara escreveu: "Te amo Dada, Te amo". Klara Castanho Reprodução/Instagram Trajetória Klara Castanho estreou na televisão criança, na série “Mothern”, do GNT, em 2006. Antes disso, desde bebê, ela já fazia campanhas publicitárias. Foi em 2009 que os maiores sucessos começaram, quando a atriz fez parte do elenco de "Viver a Vida", trama de Manoel Carlos na Globo, no papel de Rafaela, filha da personagem de Giovanna Antonelli. No mesmo ano, a atriz fez sua estreia no cinema em "Quanto dura o amor?". Também fez a novela "Morde & assopra", de 2011, quando viveu Tonica, filha do personagem de Marcos Pasquim. Em 2013 viveu a menina Paulinha, filha de uma das protagonistas de "Amor à vida", a médica Paloma, interpretada por Paolla Oliveira. A atriz ainda participou de outras tramas na Globo: "Morde & assopra", de Walcyr Carrasco (2011), e "Amor eterno amor" (2012) e "Além do tempo" (2015), ambas de Elizabeth Jhin. Klara Castanho também participou do reality show de música "Popstar", na Globo, na temporada de 2018 Nos cinemas, fez os longas "É Fada" (2016) e "Tudo por um Popstar" (2018). Seu mais recente trabalho é o longa "Confissões de uma Garota Excluída", de 2021.

Klara Castanho agradece apoio após revelar que foi estuprada e entregou bebê para adoção

Carta aberta assinada pela atriz foi publicada em redes sociais. Atriz disse que profissionais de hospital vazaram história sem o seu consentimento. Klara Castanho repudia vazamento e revela que foi estuprada e entregou bebê para adoção Klara Castanho agradeceu o apoio que tem recebido após revelar que foi estuprada e entregou bebê para adoção. A atriz de 21 anos, que disse ter decidido falar sobre o assunto após a história vazar, recebeu apoio público de famosos nas redes sociais. 'Minha história se tornar pública não foi um desejo meu': leia a íntegra do relato A Taís Araujo, que disse ter obrigação de "acolher publicamente" a atriz, Klara comentou: "Eu amo você, e não é dessa vida. Obrigada, Tais". No post de Thalita Rebouças, que disse que a atriz virou "filha do coração", Klara escreveu: "Te amo com todo meu coração". No post de Bruno Mazzeo, que homenageou a atriz relembrando que fez papel de seu pai no cinema e disse querer dar um abraço na atriz "e ver de perto esse sorriso que há de voltar", Klara comentou: "Obrigada por esse cuidado tão grande. Obrigada!" No post da também atriz Carol Castro, que homenageou a atriz com uma foto das duas na Colômbia e disse estar "em choque", Klara agradeceu: "Obrigada por estar e sempre ter estado aqui. Te amo. Só te amo mil vezes". A Dadá Coelho, que escreveu sobre "o mundo estar muito doente" e disse que a atriz "emana luz sobre as outras pessoas", Klara escreveu: "Te amo Dada, Te amo". Klara Castanho Reprodução/Instagram Trajetória Klara Castanho estreou na televisão criança, na série “Mothern”, do GNT, em 2006. Antes disso, desde bebê, ela já fazia campanhas publicitárias. Foi em 2009 que os maiores sucessos começaram, quando a atriz fez parte do elenco de "Viver a Vida", trama de Manoel Carlos na Globo, no papel de Rafaela, filha da personagem de Giovanna Antonelli. No mesmo ano, a atriz fez sua estreia no cinema em "Quanto dura o amor?". Também fez a novela "Morde & assopra", de 2011, quando viveu Tonica, filha do personagem de Marcos Pasquim. Em 2013 viveu a menina Paulinha, filha de uma das protagonistas de "Amor à vida", a médica Paloma, interpretada por Paolla Oliveira. A atriz ainda participou de outras tramas na Globo: "Morde & assopra", de Walcyr Carrasco (2011), e "Amor eterno amor" (2012) e "Além do tempo" (2015), ambas de Elizabeth Jhin. Klara Castanho também participou do reality show de música "Popstar", na Globo, na temporada de 2018 Nos cinemas, fez os longas "É Fada" (2016) e "Tudo por um Popstar" (2018). Seu mais recente trabalho é o longa "Confissões de uma Garota Excluída", de 2021.