Karl May, o escritor que era o favorito de Hitler

Ao longo de sua vida, Karl May se aventurou em diversos segmentos: viveu como estudioso, ladrão, prisioneiro e destacou-se por escrever best-sellers. Suas obras que alcançaram maior reconhecimento foi uma série de romances ambientados no oeste americano, onde o autor teria vivido várias histórias mirabolantes.Entretanto, tudo não passava de uma farsa. May nunca havia pisado nos Estados Unidos, nunca falou com caubóis e tampouco conversou com populações de nativos. Mesmo assim, os enredos eram tão envolventes que seu público jamais pensou em questionar a veracidade dos fatos. Entre os seus fãs, no entanto, um nome se destacava: o ditador nazista Adolf Hitler.Leia mais...

Karl May, o escritor que era o favorito de Hitler

Ao longo de sua vida, Karl May se aventurou em diversos segmentos: viveu como estudioso, ladrão, prisioneiro e destacou-se por escrever best-sellers. Suas obras que alcançaram maior reconhecimento foi uma série de romances ambientados no oeste americano, onde o autor teria vivido várias histórias mirabolantes.

Entretanto, tudo não passava de uma farsa. May nunca havia pisado nos Estados Unidos, nunca falou com caubóis e tampouco conversou com populações de nativos. Mesmo assim, os enredos eram tão envolventes que seu público jamais pensou em questionar a veracidade dos fatos. Entre os seus fãs, no entanto, um nome se destacava: o ditador nazista Adolf Hitler.

Leia mais...