Jeriel 'Luz' é o segundo artista a expor obras no Espaço Cultural Dr. Phelippe Daou em Macapá

Pintor e ilustrador já teve trabalhos em exposições de Paris e Portugal. Visitação é gratuita e pode ser agendada por telefone. Exposição de Jeriel Santos, no Espaço Cultural Dr. Phelippe Daou em Macapá Laura Machado/g1 O Espaço Cultural Dr. Phelippe Daou, na sede da Rede Amazônica em Macapá, recebe uma nova exposição a partir deste sábado (18). Com cores fortes e linhas que retratam a vida ribeirinha, o artista Jeriel Santos traz o projeto "Marabaixo: a essência de um povo" para dar mais vida ao espaço. A galeria de artes foi inaugurada no mês passado como uma homenagem ao jornalista Dr. Phelippe Daou, um dos fundadores do grupo de comunicação que completa 50 anos em 2022. As obras no estilo Pop Art Tucuju de "Jeriel Luz", como é mais conhecido, foram produzidas para um edital que contemplava artistas visuais e ganharam visibilidade pela representatividade e também pelos traços marcantes. Obras de Jeriel Luz, expostas no Espaço Cultural Dr. Phelippe Daou, na sede da Rede Amazônica em Macapá Geidson Lima/Rede Amazônica O estilo original criado pelo próprio artista já tem mais de 500 produções, desde o início da carreira. Para a exposição foram escolhidas 16 peças que vão estar disponíveis para visitação durante 1 mês. "Eu vi que a importância do marabaixo no nosso estado é muito grande, tanto que ele se tornou um patrimônio imaterial. E no mesmo período que surgiu a oportunidade de criar o projeto voltado para esse tema, essa vontade também se tornou forte dentro de mim", contou Luz. O ilustrador também já assinou projetos com uma grande marca de cosméticos no Brasil e tem clientes em países como Estados Unidos, Bélgica, Portugal e também no continente africano. "É uma oportunidade de mostrar o meu trabalho e valorizar a cultura amapaense". São 25 anos de carreira e a lista de exposições do artista é grande e inclui passagens no carrossel Du Louvre em Paris, e também em Lisboa. Sobre o artista Exposição de Jeriel Santos, no Espaço Cultural Dr. Phelippe Daou em Macapá Laura Machado/g1 Nascido no Amapá, Jeriel é pintor, desenhista, gravurista e ilustrador. O artista iniciou a carreira inspirado nas histórias contadas pela própria mãe, sobre a vida ribeirinha. A linguagem artística de Jeriel foi construída a partir de um mergulho profundo nas origens históricas e culturais dele enquanto artista visual e, principalmente, como amapaense. Obras retratam a vida dos marabaixeiros no Amapá Laura Machado/g1 Agendamento Escolas e instituições interessadas em realizar visitas guiadas ao Espaço Cultural Dr. Phelippe Daou e à Rede Amazônica podem agendar um horário por meio do contato (96) 99112-5311. As visitações ocorrem às terças e quintas-feiras, das 14h às 17h, e o grupo deve ter entre 5 e 15 pessoas por vez. Veja o plantão de últimas notícias do G1 Amapá VÍDEOS com as notícias do Amapá:

Jeriel 'Luz' é o segundo artista a expor obras no Espaço Cultural Dr. Phelippe Daou em Macapá

Pintor e ilustrador já teve trabalhos em exposições de Paris e Portugal. Visitação é gratuita e pode ser agendada por telefone. Exposição de Jeriel Santos, no Espaço Cultural Dr. Phelippe Daou em Macapá Laura Machado/g1 O Espaço Cultural Dr. Phelippe Daou, na sede da Rede Amazônica em Macapá, recebe uma nova exposição a partir deste sábado (18). Com cores fortes e linhas que retratam a vida ribeirinha, o artista Jeriel Santos traz o projeto "Marabaixo: a essência de um povo" para dar mais vida ao espaço. A galeria de artes foi inaugurada no mês passado como uma homenagem ao jornalista Dr. Phelippe Daou, um dos fundadores do grupo de comunicação que completa 50 anos em 2022. As obras no estilo Pop Art Tucuju de "Jeriel Luz", como é mais conhecido, foram produzidas para um edital que contemplava artistas visuais e ganharam visibilidade pela representatividade e também pelos traços marcantes. Obras de Jeriel Luz, expostas no Espaço Cultural Dr. Phelippe Daou, na sede da Rede Amazônica em Macapá Geidson Lima/Rede Amazônica O estilo original criado pelo próprio artista já tem mais de 500 produções, desde o início da carreira. Para a exposição foram escolhidas 16 peças que vão estar disponíveis para visitação durante 1 mês. "Eu vi que a importância do marabaixo no nosso estado é muito grande, tanto que ele se tornou um patrimônio imaterial. E no mesmo período que surgiu a oportunidade de criar o projeto voltado para esse tema, essa vontade também se tornou forte dentro de mim", contou Luz. O ilustrador também já assinou projetos com uma grande marca de cosméticos no Brasil e tem clientes em países como Estados Unidos, Bélgica, Portugal e também no continente africano. "É uma oportunidade de mostrar o meu trabalho e valorizar a cultura amapaense". São 25 anos de carreira e a lista de exposições do artista é grande e inclui passagens no carrossel Du Louvre em Paris, e também em Lisboa. Sobre o artista Exposição de Jeriel Santos, no Espaço Cultural Dr. Phelippe Daou em Macapá Laura Machado/g1 Nascido no Amapá, Jeriel é pintor, desenhista, gravurista e ilustrador. O artista iniciou a carreira inspirado nas histórias contadas pela própria mãe, sobre a vida ribeirinha. A linguagem artística de Jeriel foi construída a partir de um mergulho profundo nas origens históricas e culturais dele enquanto artista visual e, principalmente, como amapaense. Obras retratam a vida dos marabaixeiros no Amapá Laura Machado/g1 Agendamento Escolas e instituições interessadas em realizar visitas guiadas ao Espaço Cultural Dr. Phelippe Daou e à Rede Amazônica podem agendar um horário por meio do contato (96) 99112-5311. As visitações ocorrem às terças e quintas-feiras, das 14h às 17h, e o grupo deve ter entre 5 e 15 pessoas por vez. Veja o plantão de últimas notícias do G1 Amapá VÍDEOS com as notícias do Amapá: