Janela partidária: Ibrain e Valmir Monteiro trocam o PSC pelo PV

Com a chegada do fechamento das janelas partidárias, mais mudanças seguem ocorrendo na classe política lagartense. E a mais recente ocorreu no grupo do ex-prefeito de Lagarto José Valmir Monteiro e do deputado estadual Ibrain Monteiro, que deixaram o Partido Social Cristão (PSC) para assinarem a filiação no Partido Verde (PV). O desligamento da Família […]

Janela partidária: Ibrain e Valmir Monteiro trocam o PSC pelo PV

Com a chegada do fechamento das janelas partidárias, mais mudanças seguem ocorrendo na classe política lagartense. E a mais recente ocorreu no grupo do ex-prefeito de Lagarto José Valmir Monteiro e do deputado estadual Ibrain Monteiro, que deixaram o Partido Social Cristão (PSC) para assinarem a filiação no Partido Verde (PV).

O desligamento da Família Monteiro do PSC foi comunicada ao ex-deputado federal André Moura na última quinta-feira, 31, pelo deputado Ibrain Monteiro que buscará a sua reeleição no pleito deste ano. Na ocasião, ele externou a sua gratidão e disse que a mudança não significa um rompimento com André.

“Seguiremos o desafio de uma nova eleição por um outro partido, mas, aqui fica toda minha gratidão a André pelo carinho, atenção e apoio que sempre teve por mim e pela minha família. Saio do PSC, mas continuo apoiando a candidatura de André neste ano para o cargo que ele pleitear. Conte sempre com a família Monteiro para que juntos façamos um interior cada vez mais forte e uma capital ainda mais valorizada!”, comentou Ibrain Monteiro.

Cabe destacar que a mudança também faz parte da estratégia adotada pela Família Monteiro, que apoiará o nome do senador Rogério Carvalho (PT) na disputa pelo Governo de Sergipe. Já o ato de filiação ao PV está previsto para ocorrer nesta sexta-feira, 1º de abril.

Mudanças já registradas

A janela partidária já registrou algumas mudanças em Lagarto. O deputado federal Gustinho Ribeiro saiu do Solidariedade e se filiou ao Republicanos, enquanto o deputado federal Fábio Reis deixou o Movimento Democrático Brasileiro (MDB) e foi para o Partido Social Democrático (PSD) do governador Belivaldo Chagas. Agora resta apenas uma definição por parte do vereador e pré-candidato a deputado estadual Matheus Corrêa.