Inscrições para o Programa Centelha II são prorrogadas até 28 de março

A Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (Fapitec) prorrogou o prazo das inscrições da segunda edição do Programa Centelha, que agora vai até 28 de março. A mudança oferece uma nova oportunidade àqueles que desejam desenvolver projetos inovadores em Sergipe, contribuindo para o empreendedorismo local. Em sua segunda […]

Inscrições para o Programa Centelha II são prorrogadas até 28 de março

A Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (Fapitec) prorrogou o prazo das inscrições da segunda edição do Programa Centelha, que agora vai até 28 de março. A mudança oferece uma nova oportunidade àqueles que desejam desenvolver projetos inovadores em Sergipe, contribuindo para o empreendedorismo local.

Em sua segunda edição, o Programa Centelha visa incentivar a mobilização e a articulação institucional dos atores nos ecossistemas locais, estaduais e regionais do país, motivando a geração de ideias. O objetivo é trazer suporte à cultura empreendedora e inovadora, por meio de incentivo financeiro e técnico. O valor geral destinado à iniciativa é de R$ 1,2 milhão, sendo R$53.333,33 por projeto. Até 23 propostas poderão ser selecionadas.

“Com a prorrogação, fazemos uma nova chamada àqueles que tem o desejo de empreender e contribuir com soluções inovadoras para a sociedade sergipana. Na primeira edição, pudemos ver ideias nascidas no ambiente acadêmico se transformando em negócios. Essa interlocução promovida pelo Centelha é muito importante, e é esse resultado promissor que esperamos ver na segunda edição”, destaca o diretor-presidente da Fapitec, Ronaldo Guimarães.

O Centelha é promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep). O programa também conta com a parceria do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) e da Fundação CERTI. Em Sergipe, o Governo e a Fapitec operam o edital, oferecendo uma contrapartida com recursos do Fundo Estadual para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funtec).

No menu Editais Abertos, no site da Fapitec, é possível ter acesso ao edital e ao Termo Aditivo que estabelece o novo cronograma. O site oficial do Centelha (programacentelha.com.br) também oferece mais informações sobre o edital, assim como apresenta os projetos contemplados na primeira edição do programa em Sergipe.

Primeira edição

Na primeira edição, o Programa Centelha SE contemplou 23 projetos. Destes, 21 permanecem em atividade. A seleção envolve três fases, que incluem a apresentação da ideia de negócio e da equipe, a análise de potencial de mercado, o detalhamento do plano e a apresentação de orçamentos, entre outros processos. Ao longo de todas as etapas, a Fapitec oferece acompanhamento técnico para capacitação e aprimoramento dos selecionados.

Fonte: Governo de sergipe