Inflação medida pelo IPC-S acelera para 1,35% no encerramento de março, diz FGV

Índice acumula alta de 9,68% nos últimos 12 meses, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) em relatório O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) voltou a acelerar, para 1,35% no encerramento de março, vindo de 0,94% na imediatamente anterior, a terceira do mês, e acumulando alta de 9,68% nos últimos 12 meses, informou a […] The post Inflação medida pelo IPC-S acelera para 1,35% no encerramento de março, diz FGV first appeared on Jornal Correio Popular de Itaberaí.

Inflação medida pelo IPC-S acelera para 1,35% no encerramento de março, diz FGV

Índice acumula alta de 9,68% nos últimos 12 meses, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) em relatório

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) voltou a acelerar, para 1,35% no encerramento de março, vindo de 0,94% na imediatamente anterior, a terceira do mês, e acumulando alta de 9,68% nos últimos 12 meses, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) em relatório. Nesta apuração, todas as oito classes de despesa componentes do índice registraram acréscimo em suas taxas de variação. A maior contribuição para o resultado do IPC-S partiu do grupo Transportes cuja taxa de variação passou de 1,37%, na terceira quadrissemana de março de 2022 para 2,51% na quarta quadrissemana de março de 2022. Nesta classe de despesa, cabe mencionar o comportamento do item gasolina, cujo preço variou 5,08%, ante 1,94% na edição anterior do IPC-S.

Também registraram acréscimo em suas taxas de variação os grupos: Habitação (0,90% para 1,23%), Educação, Leitura e Recreação (0,19% para 0,67%), Alimentação (1,82% para 1,99%), Despesas Diversas (0,30% para 0,39%), Saúde e Cuidados Pessoais (0,22% para 0,29%), Comunicação (-0,13% para -0,11%) e Vestuário (0,96% para 1,04%).

Nestas classes de despesa, a FGV destaca o comportamento dos itens: tarifa de eletricidade residencial (0,89% para 1,60%), passagem aérea (0,00% para 3,26%), panificados e biscoitos (1,27% para 1,64%), serviço religioso e funerário (0,64% para 0,95%), artigos de higiene e cuidado pessoal (0,64% para 0,93%), tarifa de telefone residencial (-1,17% para -0,83%) e roupas infantis (0,70% para 1,02%).

Na segunda-feira, 4, será divulgada a inflação por capital pesquisada no período. A próxima apuração do IPC-S, relativa à chamada primeira quadrissemana de abril, será publicada no dia 8, com segmentação regional no dia 11.

Fonte: Valor Investe

The post Inflação medida pelo IPC-S acelera para 1,35% no encerramento de março, diz FGV first appeared on Jornal Correio Popular de Itaberaí.