Imposto de Renda: 14,2 mil contribuintes do Amapá serão restituídos no 1º lote de 2022

Valor será encaminhado para as contas na próxima terça-feira (31). Saiba como consultar se você já recebe neste lote ou não. Declarações podem ser feitas até o dia 31. Consulta pode ser feita pelo app da Receita Federal. Marcello Casal Jr/Agência Brasil Na próxima terça-feira (31), 14,2 mil amapaenses que já declararam o Imposto de Renda 2022, relativo ao ano-base 2021, vão receber as restituições deles. A consulta ao 1º lote foi liberada pela Receita Federal na terça-feira (24). As restituições somam no Amapá o total de R$ 35.186.521,52. Esta semana também foram liberadas consultas aos chamados lotes residuais de anos anteriores, ou seja, de contribuintes que caíram na malha fina mas que depois acertaram as contas com o leão. As consultas poderão ser feitas: na página da Receita na internet; no aplicativo da Receita para tablets e smartphones. Assim como no ano passado, o primeiro lote do IR será pago, em 2022, no último dia do prazo de entrega do Imposto de Renda, estendido para 31 de maio em razão da pandemia. O primeiro lote do IR contempla contribuintes com prioridade legal: idosos acima de 80 anos; contribuintes entre 60 e 79 anos; contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave; contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério. LEIA TAMBÉM: Como fazer uma declaração simples? Veja o passo a passo O que você precisa saber para fazer declaração Tire suas dúvidas sobre documentos, nível 'prata ou ouro', PIX, restituição e todas as mudanças na declaração SAIBA TUDO SOBRE O IMPOSTO DE RENDA 2022 Malha fina O contribuinte poderá saber, ao realizar a consulta, se há ou não pendências que impeçam o pagamento da restituição, ou seja, se ele caiu na chamada "malha fina" do leão. Para saber se está na malha fina, os contribuintes também podem acessar o "extrato" do Imposto de Renda no site da Receita Federal no chamado e-CAC (Centro Virtual de Atendimento). Para acessar o extrato do IR é necessário utilizar o código de acesso gerado na própria página da Receita Federal, ou certificado digital emitido por autoridade habilitada. Veja o passo a passo do extrato do IR As restituições de declarações que apresentam inconsistência (em situação de malha) são liberadas apenas depois de corrigidas pelo cidadão, ou após o contribuinte apresentar comprovação de que sua declaração está correta. Obrigatoriedade É obrigado a declarar IR em 2022: quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2021. O valor é o mesmo da declaração do IR do ano passado; contribuintes que receberam rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil no ano passado; quem obteve, em qualquer mês de 2021, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas; quem teve isenção de imposto sobre o ganho de capital na venda de imóveis residenciais, seguido de aquisição de outro imóvel residencial no prazo de 180 dias; quem teve, em 2021, receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50 em atividade rural; quem tinha, até 31 de dezembro de 2021, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil; quem passou para a condição de residente no Brasil em qualquer mês e se encontrava nessa condição até 31 de dezembro de 2021. Quem precisa declarar IR? Veja o plantão de últimas notícias do G1 Amapá VÍDEOS com as notícias do Amapá:

Imposto de Renda: 14,2 mil contribuintes do Amapá serão restituídos no 1º lote de 2022

Valor será encaminhado para as contas na próxima terça-feira (31). Saiba como consultar se você já recebe neste lote ou não. Declarações podem ser feitas até o dia 31. Consulta pode ser feita pelo app da Receita Federal. Marcello Casal Jr/Agência Brasil Na próxima terça-feira (31), 14,2 mil amapaenses que já declararam o Imposto de Renda 2022, relativo ao ano-base 2021, vão receber as restituições deles. A consulta ao 1º lote foi liberada pela Receita Federal na terça-feira (24). As restituições somam no Amapá o total de R$ 35.186.521,52. Esta semana também foram liberadas consultas aos chamados lotes residuais de anos anteriores, ou seja, de contribuintes que caíram na malha fina mas que depois acertaram as contas com o leão. As consultas poderão ser feitas: na página da Receita na internet; no aplicativo da Receita para tablets e smartphones. Assim como no ano passado, o primeiro lote do IR será pago, em 2022, no último dia do prazo de entrega do Imposto de Renda, estendido para 31 de maio em razão da pandemia. O primeiro lote do IR contempla contribuintes com prioridade legal: idosos acima de 80 anos; contribuintes entre 60 e 79 anos; contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave; contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério. LEIA TAMBÉM: Como fazer uma declaração simples? Veja o passo a passo O que você precisa saber para fazer declaração Tire suas dúvidas sobre documentos, nível 'prata ou ouro', PIX, restituição e todas as mudanças na declaração SAIBA TUDO SOBRE O IMPOSTO DE RENDA 2022 Malha fina O contribuinte poderá saber, ao realizar a consulta, se há ou não pendências que impeçam o pagamento da restituição, ou seja, se ele caiu na chamada "malha fina" do leão. Para saber se está na malha fina, os contribuintes também podem acessar o "extrato" do Imposto de Renda no site da Receita Federal no chamado e-CAC (Centro Virtual de Atendimento). Para acessar o extrato do IR é necessário utilizar o código de acesso gerado na própria página da Receita Federal, ou certificado digital emitido por autoridade habilitada. Veja o passo a passo do extrato do IR As restituições de declarações que apresentam inconsistência (em situação de malha) são liberadas apenas depois de corrigidas pelo cidadão, ou após o contribuinte apresentar comprovação de que sua declaração está correta. Obrigatoriedade É obrigado a declarar IR em 2022: quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2021. O valor é o mesmo da declaração do IR do ano passado; contribuintes que receberam rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil no ano passado; quem obteve, em qualquer mês de 2021, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas; quem teve isenção de imposto sobre o ganho de capital na venda de imóveis residenciais, seguido de aquisição de outro imóvel residencial no prazo de 180 dias; quem teve, em 2021, receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50 em atividade rural; quem tinha, até 31 de dezembro de 2021, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil; quem passou para a condição de residente no Brasil em qualquer mês e se encontrava nessa condição até 31 de dezembro de 2021. Quem precisa declarar IR? Veja o plantão de últimas notícias do G1 Amapá VÍDEOS com as notícias do Amapá: