Homem é indiciado por suspeita de importunação sexual contra professora em Passos, MG

Polícia Civil concluiu o inquérito instaurado para investigar o caso. Crime ocorreu no mês passado na cidade. Um homem de 40 anos foi indiciado por suspeita de importunação sexual contra uma professora de Passos (MG). A informação foi divulgada pela Polícia Civil nesta quarta-feira (1º) após a conclusão do inquérito instaurado para apurar o crime, que ocorreu no mês passado na cidade. Conforme explicou a polícia, por meio das investigações, a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) apurou que o suspeito, que era aluno da vítima, teria se aproveitado de um momento em que ficou a sós com a professora, dentro da sala de aula, para cometer o abuso. O caso ocorreu em uma escola da rede municipal de ensino de Passos, e a supervisora dos professores teria entrado na sala no momento do crime. Caso foi investigado pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), em Passos (MG) Divulgação/Polícia Civil De acordo com a delegada Mariana Fioravante Romualdo, titular da Deam, o investigado foi indiciado formalmente, e o inquérito policial relatado e remetido à Justiça. VÍDEOS: Veja tudo sobre o Sul de Minas Veja mais notícias da região no g1 Sul de Minas

Homem é indiciado por suspeita de importunação sexual contra professora em Passos, MG

Polícia Civil concluiu o inquérito instaurado para investigar o caso. Crime ocorreu no mês passado na cidade. Um homem de 40 anos foi indiciado por suspeita de importunação sexual contra uma professora de Passos (MG). A informação foi divulgada pela Polícia Civil nesta quarta-feira (1º) após a conclusão do inquérito instaurado para apurar o crime, que ocorreu no mês passado na cidade. Conforme explicou a polícia, por meio das investigações, a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) apurou que o suspeito, que era aluno da vítima, teria se aproveitado de um momento em que ficou a sós com a professora, dentro da sala de aula, para cometer o abuso. O caso ocorreu em uma escola da rede municipal de ensino de Passos, e a supervisora dos professores teria entrado na sala no momento do crime. Caso foi investigado pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), em Passos (MG) Divulgação/Polícia Civil De acordo com a delegada Mariana Fioravante Romualdo, titular da Deam, o investigado foi indiciado formalmente, e o inquérito policial relatado e remetido à Justiça. VÍDEOS: Veja tudo sobre o Sul de Minas Veja mais notícias da região no g1 Sul de Minas