Hackers da Lava Jato não tiveram mandantes e nem foram pagos, alega PF

MPF pediu arquivamento da investigação aberta em 2019

Hackers da Lava Jato não tiveram mandantes e nem foram pagos, alega PF
O Procurador da República Deltan DallagnolReprodução: ACidade ON

Com base nas conclusões da PF, o procurador da República Wellington Divino Marques de Oliveira, do Ministério Público Federal (MPF) pediu o arquivamento do caso. O inquérito que apurava a existência de mandantes foi aberto no final de 2019 após a prisão de Luiz Molição, Walter Delgatti Neto e Thiago Eliézer.

Ainda segundo os investigadores, a análise do material não permite "concluir a existência de uma terceira pessoa que teria selecionado os alvos e determinados dispositivos".

Leia mais...