Grupo parlamentar Brasil-Azerbaijão é instalado e elege Nelsinho Trad como presidente

O grupo Parlamentar Brasil-Azerbaijão promoveu nesta terça-feira (26) reunião de trabalho para sua instalação e eleição da comissão executiva. O grupo escolheu o senador Nelsinho Trad (PSD-MS) para presidir os trabalhos e os senadores Sérgio Petecão (PSD-AC) e Humberto Costa (PT-PE) como primeiro e segundo vice-presidentes, respectivamente.  Nelsinho Trad reforçou que o grupo tem a […]

Grupo parlamentar Brasil-Azerbaijão é instalado e elege Nelsinho Trad como presidente

O grupo Parlamentar Brasil-Azerbaijão promoveu nesta terça-feira (26) reunião de trabalho para sua instalação e eleição da comissão executiva. O grupo escolheu o senador Nelsinho Trad (PSD-MS) para presidir os trabalhos e os senadores Sérgio Petecão (PSD-AC) e Humberto Costa (PT-PE) como primeiro e segundo vice-presidentes, respectivamente. 

Nelsinho Trad reforçou que o grupo tem a função de fortalecer as relações diplomáticas e comerciais entre os dois países, colaborando com as ações do Poder Executivo no desempenho dessa parceria. Na visão do senador, o Azerbaijão é um país estratégico para as negociações brasileiras já que a localidade se destaca internacionalmente na produção de petróleo e gás natural além da sua diversidade climática, indicando um forte potencial agrícola. 

— O país chega hoje a uma produção de mais de 600 mil barris por dia. Sua produção de gás vem crescendo desde 2017, chegando a mais de 22 bilhões de metros cúbicos anuais em 2020. O país tem também um grande potencial agrícola graças aos seus variados climas em razão da sua notável variedade geográfica. (…) Vejo claras possibilidades de cooperação entre nossos países. O Azerbaijão tem também uma localização privilegiada no cruzamento de importantes rotas no tráfico de mercadorias e matérias primas no nível internacional, entre elas a Rota da Seda — afirmou. 

O embaixador do Azerbaijão no Brasil, Elkhan Polukhov, participou da reunião e reconheceu a importância do grupo para fortalecer a relação entre os dois países. De acordo com ele, entre as áreas com potencial para ampliar negócios está o comércio de fertilizantes. 

— Com o apoio da diplomacia parlamentar, as relações bilaterais comerciais podem aumentar a cada dia e o Azerbaijão é um dos grandes exportadores de fertilizantes para o mercado brasileiro (…). Nós temos muito trabalho para fazer à frente e tenho certeza de que o senador Nelsinho Trad irá liderar bem esse trabalho — reforçou.

De acordo com a plataforma Comex Stat, do Ministério da Economia, em 2021, o Brasil importou 41,6 milhões de toneladas de fertilizantes, sendo 65 mil toneladas vindas do Azerbaijão, o que representa mais de 65% de toda produção daquele país. 

O senador Carlos Fávaro (PSD-MT) concordou com o embaixador. Para ele, a aproximação do Brasil com o Azerbaijão poderá reforçar negociações que visem o fortalecimento do agronegócio brasileiro, inclusive com a variação de países fornecedores de fertilizantes para a produção agrícola no Brasil. 

— Temos que tratar o fertilizante como questão de segurança nacional. Porque ninguém consegue produzir alimento sem fertilizante. E ele é instrumento maior para produzir comida e paz no país. 

O grupo Parlamentar Brasil-Azerbaijão foi criado pelo Projeto de Resolução do Senado (PRS) 32/2013, de autoria do então senador Cristovam Buarque (DF). O grupo é composto por 16 senadores. A cooperação entre os dois países se dará por meio de visitas parlamentares, e pela realização de congressos, seminários, simpósios, debates, conferências, estudos e encontros de natureza política, jurídica, social, tecnológica, científica, ambiental, cultural, educacional, econômica e financeira, indispensáveis à análise, à compreensão, ao encaminhamento e à solução de problemas, visando ao desenvolvimento das relações bilaterais.Também estão previstos a permuta periódica de publicações e trabalhos sobre matéria legislativa, o intercâmbio de experiências parlamentares e outras atividades.

Fonte: Agência Senado