Governador de Roraima anuncia festa da virada aberta ao público e com bandas locais 'para não passar em branco'

Antonio Denarium (PP) afirmou que o réveillon 2022 vai acontecer com shows de bandas locais em três pontos do Parque Anauá. Antonio Denarium (PP) anuncia festa aberta ao público com bandas locais Caíque Rodrigues/g1 RR O governador de Roraima Antonio Denarium (PP) disse nessa terça-feira (21) que o estado vai realizar a tradicional festa de virada de ano no Parque Anauá, em Boa Vista, mas sem atração nacional. O réveillon 2022 terá queima de fogos e apresentações de bandas locais. O evento será aberto ao público "para não passar em branco", disse o governador. A festa, no entanto, não será realizada com shows no palco do Forródromo, como ocorreu em anos anteriores, mas em locais espalhados na área do parque. O anúncio foi feito por Denarium em entrevista concedida à Rede Amazônica e ao g1. Além da comemoração para receber 2022, o governador também falou sobre os desafios enfrentados este ano, baixa vacinação contra a Covid-19 em Roraima, reeleição, e sobre o que a população pode esperar do governo para o ano que vem. (Leia a entrevista na íntegra abaixo) "Não é show [nacional]. No Parque Anauá tem o Lago dos Americanos, lá no centro dele vai ter a queima de fogos. Na frente, vai ter uma bandinha dessas locais com música sertaneja. A 200 metros, aproximadamente, uma da outra vai ter uma banda com músicas regionais e outra banda lá na frente, em volta do lago, com banda de forró, por exemplo. Mas vai ser banda local daqui, não é atração nacional", disse. O evento deve iniciar às 22h do dia 31 dezembro e pode se estender até às 2h de 1º de janeiro. Não haverá limitação de pessoas. Antonio Denarium (PP) foi eleito governador de Roraima em 2018, com 53,34% dos votos. Em 2022, ele chega ao quarto ano de mandato falando em "acabar com a fila das cirurgias". Leia a entrevista na íntegra: Rede Amazônica - Governador, bom dia. Qual foi o principal desafio do seu governo ao longo de 2021? Denarium - Bom dia. Nós tivemos desafios desde quando assumimos o governo do estado. Primeiro, o governo falido, destruído pela má gestão e hoje nós estamos fazendo a correta aplicação do dinheiro público e o estado tá crescendo e desenvolvendo, e todos os indicadores do governo do estado de Roraima estão entre os melhores do Brasil. Somos agora avaliados como nota "A" pelo Ministério da Economia em capacidade de pagamento. Fomos o terceiro maior crescimento do PIB no Brasil, somos, hoje, o melhor ambiente de negócios e o estado que tem a maior liberdade econômica. Estamos também entre os estados do Brasil que teve o maior crescimento de arrecadação sem aumentar nenhum tipo de imposto, inclusive reduzimos o ICMS do gás de cozinha de 17 para 12%. O estado, com o trabalho que nós estamos fazendo, de pagar todos os compromissos em dia, atrair novos investidores valorizando o que estão aqui. Nós temos um crescimento muito grande na economia do estado de Roraima, inclusive com geração de emprego e renda. Em 2018, Roraima ficou negativo no saldo de empregos formais, que é o saldo entre demissão e contratação. 2019 nós crescemos 2,3 mil empregos, 2020 mais de 3,7 mil e chegamos agora na de 10 mil empregos formais aqui no estado de Roraima. Rede Amazônica - Falando agora de saúde, nosso estado está em último lugar no ranking de vacinação contra a Covid-19. O que seu governo planeja fazer para tentar mudar esse cenário a partir do ano que vem? Denarium - Roraima está localizada no extremo Norte do Brasil. Temos um grande número de venezuelanos vivendo aqui e a segunda maior população indígena do Brasil. Eu fiz um trabalho muito intenso para que Roraima recebesse um número maior de doses, e a nossa responsabilidade é o recebimento, a armazenagem e distribuição da vacina para os municípios. Infelizmente, alguns municípios não estão dando a devida atenção para a vacinação e o cadastramento da quantidade de pessoas vacinadas. Fizemos agora nos últimos 10 dias um mutirão de vacinação, entregando caminhonetes para os municípios fazerem a vacinação de porta em porta e nós vacinamos mais de 10 mil pessoas, e vamos sair dessa situação que não é boa para a nossa população. Rede Amazônica - A gente está a poucos dias das festas de final de ano e do ano novo, algumas capitais brasileiras já anunciaram que vão cancelar as festas da virada de ano por conta do avanço da variante Ômicron. Aqui em Roraima foi falado já dos fogos que serão mantidos, mas e as festas: terão festas aqui no estado ou não? Denarium - Exato. Aqui no estado a atração nacional foi cancelada. Nós vamos fazer uma queima de fogos no Parque Anauá e vamos colocar três bandas em locais diferentes ao ar livre para evitar aglomeração e dando a segurança para a nossa população para virada do ano de 2021 para 2022, que foi um ano muito bom para Roraima, com belo desempenho e crescimento econômico. Rede Amazônica - Já que a gente citou esse assunto, o que a população pode esperar para o ano de 2022 no governo de Denarium? Denarium - Nós temos efetuado os maiores programas e projetos da hi

Governador de Roraima anuncia festa da virada aberta ao público e com bandas locais 'para não passar em branco'

Antonio Denarium (PP) afirmou que o réveillon 2022 vai acontecer com shows de bandas locais em três pontos do Parque Anauá. Antonio Denarium (PP) anuncia festa aberta ao público com bandas locais Caíque Rodrigues/g1 RR O governador de Roraima Antonio Denarium (PP) disse nessa terça-feira (21) que o estado vai realizar a tradicional festa de virada de ano no Parque Anauá, em Boa Vista, mas sem atração nacional. O réveillon 2022 terá queima de fogos e apresentações de bandas locais. O evento será aberto ao público "para não passar em branco", disse o governador. A festa, no entanto, não será realizada com shows no palco do Forródromo, como ocorreu em anos anteriores, mas em locais espalhados na área do parque. O anúncio foi feito por Denarium em entrevista concedida à Rede Amazônica e ao g1. Além da comemoração para receber 2022, o governador também falou sobre os desafios enfrentados este ano, baixa vacinação contra a Covid-19 em Roraima, reeleição, e sobre o que a população pode esperar do governo para o ano que vem. (Leia a entrevista na íntegra abaixo) "Não é show [nacional]. No Parque Anauá tem o Lago dos Americanos, lá no centro dele vai ter a queima de fogos. Na frente, vai ter uma bandinha dessas locais com música sertaneja. A 200 metros, aproximadamente, uma da outra vai ter uma banda com músicas regionais e outra banda lá na frente, em volta do lago, com banda de forró, por exemplo. Mas vai ser banda local daqui, não é atração nacional", disse. O evento deve iniciar às 22h do dia 31 dezembro e pode se estender até às 2h de 1º de janeiro. Não haverá limitação de pessoas. Antonio Denarium (PP) foi eleito governador de Roraima em 2018, com 53,34% dos votos. Em 2022, ele chega ao quarto ano de mandato falando em "acabar com a fila das cirurgias". Leia a entrevista na íntegra: Rede Amazônica - Governador, bom dia. Qual foi o principal desafio do seu governo ao longo de 2021? Denarium - Bom dia. Nós tivemos desafios desde quando assumimos o governo do estado. Primeiro, o governo falido, destruído pela má gestão e hoje nós estamos fazendo a correta aplicação do dinheiro público e o estado tá crescendo e desenvolvendo, e todos os indicadores do governo do estado de Roraima estão entre os melhores do Brasil. Somos agora avaliados como nota "A" pelo Ministério da Economia em capacidade de pagamento. Fomos o terceiro maior crescimento do PIB no Brasil, somos, hoje, o melhor ambiente de negócios e o estado que tem a maior liberdade econômica. Estamos também entre os estados do Brasil que teve o maior crescimento de arrecadação sem aumentar nenhum tipo de imposto, inclusive reduzimos o ICMS do gás de cozinha de 17 para 12%. O estado, com o trabalho que nós estamos fazendo, de pagar todos os compromissos em dia, atrair novos investidores valorizando o que estão aqui. Nós temos um crescimento muito grande na economia do estado de Roraima, inclusive com geração de emprego e renda. Em 2018, Roraima ficou negativo no saldo de empregos formais, que é o saldo entre demissão e contratação. 2019 nós crescemos 2,3 mil empregos, 2020 mais de 3,7 mil e chegamos agora na de 10 mil empregos formais aqui no estado de Roraima. Rede Amazônica - Falando agora de saúde, nosso estado está em último lugar no ranking de vacinação contra a Covid-19. O que seu governo planeja fazer para tentar mudar esse cenário a partir do ano que vem? Denarium - Roraima está localizada no extremo Norte do Brasil. Temos um grande número de venezuelanos vivendo aqui e a segunda maior população indígena do Brasil. Eu fiz um trabalho muito intenso para que Roraima recebesse um número maior de doses, e a nossa responsabilidade é o recebimento, a armazenagem e distribuição da vacina para os municípios. Infelizmente, alguns municípios não estão dando a devida atenção para a vacinação e o cadastramento da quantidade de pessoas vacinadas. Fizemos agora nos últimos 10 dias um mutirão de vacinação, entregando caminhonetes para os municípios fazerem a vacinação de porta em porta e nós vacinamos mais de 10 mil pessoas, e vamos sair dessa situação que não é boa para a nossa população. Rede Amazônica - A gente está a poucos dias das festas de final de ano e do ano novo, algumas capitais brasileiras já anunciaram que vão cancelar as festas da virada de ano por conta do avanço da variante Ômicron. Aqui em Roraima foi falado já dos fogos que serão mantidos, mas e as festas: terão festas aqui no estado ou não? Denarium - Exato. Aqui no estado a atração nacional foi cancelada. Nós vamos fazer uma queima de fogos no Parque Anauá e vamos colocar três bandas em locais diferentes ao ar livre para evitar aglomeração e dando a segurança para a nossa população para virada do ano de 2021 para 2022, que foi um ano muito bom para Roraima, com belo desempenho e crescimento econômico. Rede Amazônica - Já que a gente citou esse assunto, o que a população pode esperar para o ano de 2022 no governo de Denarium? Denarium - Nós temos efetuado os maiores programas e projetos da história de Roraima. O que não foi feito nos últimos 30 anos, nós estamos fazendo em apenas três anos. Regularização fundiária de lotes urbanos, regularização fundiária rural e no Distrito Industrial. Estamos também fazendo licenciamentos ambientais com zoneamento ecológico e econômico e também o Linhão de Tucuruí, que iremos iniciar as obras do linhão. Roraima hoje já tem energias de fontes renováveis aqui no estado de Roraima e alternativa. O governo do estado tem hoje o maior projeto social da história de Roraima, tem os maiores projetos de asfaltamento e construção de novas pontes, tem o maior projeto de segurança com a 'Polícia na rua', temos também todas as unidades de saúde que estão sendo reformadas revitalizadas e construídas. Vamos acabar com a fila das cirurgias, das consultas, dos exames e das internações. O governo do estado de Roraima tem proporcionado um ambiente melhor para o desenvolvimento. Com isso, nós já somos destaque a nível nacional como o estado que está em franco crescimento e desenvolvimento. Rede Amazônica - E para a gente encerrar: Antonio Denarium é candidato à reeleição ano que vem? Denarium - Sou candidato à reeleição em 2022 e vamos ganhar a eleição para dar continuidade ao bom trabalho de crescimento e desenvolvimento do estado de Roraima. Vamos largar as amarras do passado que não foi anda bom para Roraima. Temos hoje um governador focado no ambiente de negócios, melhorias na qualidade de vida da população e nos projetos que começam todos a ser efetuados. Repetindo, 2019: migração, estado quebrado. 2020: pandemia. 2021: começam grandes projetos no estado de Roraima na nossa gestão que é focada no crescimento e desenvolvimento. Estamos trabalhando para que Roraima seja um excelente estado para viver, um estado bom para trabalhar e um estado bom para empreender. g1 - Governador, só uma coisa que não ficou clara sobre as festas de ano novo. O senhor falou que os shows foram cancelados mas terão três shows mesmo assim? Denarium - Não é show. No Parque Anauá tem o Lago dos Americanos, lá no centro dele vai ter a queima de fogos, lá na frente vai ter uma bandinha dessas locais aqui com música sertaneja. A 200 metros aproximadamente uma da outra vai ter uma banda com músicas regionais e outra banda lá na frente em volta do lago, com banda de forró, por exemplo. Mas vai ser banda local daqui, não é atração nacional. O fato é o seguinte: debaixo da estrela [Forródromo] onde poderia ter aglomeração não vai ter nada lá, vai ser tudo ao ar livre e as pessoas no Parque Anauá têm o costume de ir pra lá passar o réveillon, passar a noite. Vai ter segurança, vai ter médico, vai ter Bombeiros, vai ter toda uma infraestrutura para dar segurança e aí as pessoas... Eles lá não vão ter cadeira, mesa. As pessoas vão ter que fazer... Normalmente elas forram o chão, lá na grama, ficam por ali e vai ver a queima de fogos, entendeu? Esse é o ambiente que a gente tá fazendo para não passar em branco o réveillon de 2021 para 2022. Ano passado não teve, ano retrasado teve. Ou seja, para não passar em branco nós vamos o atendimento dessa forma, sem aglomeração. g1 - Vai ter limite de pessoas lá no Parque Anauá? Denarium - Não. Grande parte das pessoas, inclusive eu em anos anteriores, fui para o Parque Anauá e fiquei lá na rua, na calçada vendo a queima de fogos. Acabou eu voltei para minha casa. Então, vão ter aquelas pessoas que vão entrar, as que vão ficar do lado de fora, mas não tem limitação de pessoas que vão ficar lá. O nosso propósito, hoje, a apresentação musical é das 22h até às 2h. Ou seja, não é até amanhecer o dia. 2h da manhã acabou o som, aí quem quiser ir embora, quem quiser ficar lá, o Parque está aberto para a população.