Filho de Andressa Urach diz que quase morreu por negligência da mãe: ‘Fala que tem demônio em mim’

Arthur, filho mais velho da modelo, fez um desabafo e explicou por que cortou relações com a artista

Filho de Andressa Urach diz que quase morreu por negligência da mãe: ‘Fala que tem demônio em mim’

Filho mais velho da modelo Andressa Urach, Arthur fez um desabafo na madruga da desta segunda-feira, 18, e explicou por que decidiu cortar relações com a mãe. Em um vídeo publicado no YouTube, o jovem de 17 anos comentou: “Estou tentando fazer esse vídeo pela 20ª vez porque eu estou muito nervoso de ter que tocar nesse assunto, quando eu postei o vídeo [da primeira vez] a minha mãe me fez apagar sobre a ameaça de me processar, mas logo em seguida ela postou uma live difamando a mim, a [minha namorada] Brenda e a família dela por nos apoiar. Quando eu pedi pra ela pagar, ela me mandou cuidar da minha vida, então foi o que eu fiz eu me afastei e eu cuidei da minha vida tentei passar por cima disso tudo”. Arthur disse que após esse desentendimento, ele tentou se resolver com a mãe, mas não conseguiu. Ele também desmentiu Andressa, que teria dito em suas redes sociais que já tinha se entendido com o filho e com a nora. 

Segundo Arthur, a briga começou porque ele tentou expressar como se sentiu a vida toda em relação aos cuidados de Andressa como mãe, entretanto a ex-participante de “A Fazenda” não teria aceitado as críticas e começou a culpar a namorada do filho pela desavença familiar. “Mais uma vez ela colocou outras pessoas que não tinham nada a ver com isso [na história], retirando o peso da culpa dela e já não é a primeira vez que eu tento me expressar e ela sempre fala que tem um demônio dentro de mim. Esse é um dos maiores motivos por eu ter crescido sem saber falar o que eu sinto.” O filho de Andressa também comentou sobre o fanatismo religioso da mãe, que virou evangélica após ter complicações em um procedimento estético e quase morrer, e apontou negligências da ex-participante do Miss Bumbum

“Um dia eu estava com muita dor na barriga e falei para ela, sabem o que ela fez? Me levou pro hospital? Não. Me levou para a igreja às 6 da manhã e foi para o presídio cuidar das pessoas. Me deixou com os pastores na igreja e voltou de noite. Quando eu estava agoniando de dor, ela me levou para o hospital e depois de alguns minutos fui atendido por minha situação, eu estava com a minha vida em risco, quase tive uma sepse (foi o que os médicos disseram), tive que fazer uma lavagem estomacal se não me engano” contou Arthur. “Basicamente, quase morri por conta da fé fanática dela, depois ela fala que eu era prioridade, mas preferiu ir em um evento da igreja do que cuidar de mim quando eu estava passando mal”, concluiu Arthur.