EUA enviam à Ucrânia mais R$ 2,3 bilhões em armas, incluindo sistemas de foguetes

Ucrânia precisa de artilharia para combater avanço das forças russas que vem do leste Oleksandr Gimanov/AFP A Casa Branca anunciou nesta quinta-feira (23) que os Estados Unidos vão enviar uma nova remessa de ajuda militar de US$ 450 milhões de dólares (cerca de R$ 2,3 bilhões) à Ucrânia, que inclui mais sistemas de foguetes para usar contra as forças invasoras russas. "Este pacote contém armas e equipamentos, inclusive novos sistemas de foguetes de artilharia de alta mobilidade", informou o porta-voz da Casa Branca, John Kirby. Também estarão incluídos nesta remessa dezenas de milhares de cartuchos de munições de artilharia e lanchas de patrulha. Veja também Internacional Ucrânia afirma que Rússia assumiu o controle de duas localidades na região do Donbass Internacional Moscou muda embaixada dos EUA para endereço que homenageia separatistas ucranianos Internacional Rússia está provocando 'destruição catastrófica' em Lysychansk, afirma governador Os sistemas de foguetes conhecidos como HIMARS encabeçam a lista de desejos da Ucrânia em um momento em que luta contra forças russas que avançam do leste com uma vantagem significativa em artilharia pesada. Já foram entregues quatro unidades iniciais deste sistema de foguetes, o que deu ao programa de capacitação requerido para que os soldados ucranianos operem este armamento sofisticado e de alta precisão. Leia também Jornalista russa que protestou na TV contra a guerra vive no exílio Líderes europeus se reúnem para decidir futuro da Ucrânia no bloco Ucrânia afirma que cidade de Severodonetsk vive um "inferno" Com as últimas remessas, a assistência americana às forças armadas da Ucrânia chega até agora a 6,1 bilhões de dólares (quase R$ 32 bilhões), destacou Kirby.  

EUA enviam à Ucrânia mais R$ 2,3 bilhões em armas, incluindo sistemas de foguetes
Ucrânia precisa de artilharia para combater avanço das forças russas que vem do leste
Ucrânia precisa de artilharia para combater avanço das forças russas que vem do leste Oleksandr Gimanov/AFP

A Casa Branca anunciou nesta quinta-feira (23) que os Estados Unidos vão enviar uma nova remessa de ajuda militar de US$ 450 milhões de dólares (cerca de R$ 2,3 bilhões) à Ucrânia, que inclui mais sistemas de foguetes para usar contra as forças invasoras russas.

"Este pacote contém armas e equipamentos, inclusive novos sistemas de foguetes de artilharia de alta mobilidade", informou o porta-voz da Casa Branca, John Kirby. Também estarão incluídos nesta remessa dezenas de milhares de cartuchos de munições de artilharia e lanchas de patrulha.

Os sistemas de foguetes conhecidos como HIMARS encabeçam a lista de desejos da Ucrânia em um momento em que luta contra forças russas que avançam do leste com uma vantagem significativa em artilharia pesada.

Já foram entregues quatro unidades iniciais deste sistema de foguetes, o que deu ao programa de capacitação requerido para que os soldados ucranianos operem este armamento sofisticado e de alta precisão.

Com as últimas remessas, a assistência americana às forças armadas da Ucrânia chega até agora a 6,1 bilhões de dólares (quase R$ 32 bilhões), destacou Kirby.