'Escutamos barulho de bombas e aviões passando bem baixos', diz caruaruense que está na Ucrânia

Jogador de futsal Ewerton Florêncio está na cidade de Kherson, uma cidade do Sul. Segundo ele, a distância é mais ou menos 10 quilômetros de onde estão acontecendo os ataques com bombas. Caruaruense Ewerton Florêncio está na Ucrânia Caruaru no Face/Reprodução O jogador de futsal Ewerton Florêncio, de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, que mora na Ucrânia, relatou como tem sido os dias após a Rússia invadir o país. O caruaruense está na cidade de Kherson, uma cidade do Sul. Segundo ele, a distância é mais ou menos 10 quilômetros de onde estão acontecendo os ataques com bombas. Veja vídeo: Veja vídeo de caruaruense que está na Ucrânia Acompanhe a cobertura do g1 em tempo real Neste momento o jogador está na casa do treinador dele, e diz que está em um lugar seguro, mesmo ouvindo barulho de bombas. "Estou na casa do meu treinador, estamos seguros. As vezes escutamos barulho de bombas e aviões passando bem baixos", diz o jogador. Ewerton também falou que deseja, em breve, dar boas notícias para todos. "Agora é esperar com calma tudo isso passar. Em breve a gente quer dar boas notícias para vocês". LEIA TAMBÉM: Entenda os impactos da crise na Ucrânia para a economia brasileira MAPAS: bombardeios russos à Ucrânia, posição das tropas e a região que é epicentro da crise

'Escutamos barulho de bombas e aviões passando bem baixos', diz caruaruense que está na Ucrânia

Jogador de futsal Ewerton Florêncio está na cidade de Kherson, uma cidade do Sul. Segundo ele, a distância é mais ou menos 10 quilômetros de onde estão acontecendo os ataques com bombas. Caruaruense Ewerton Florêncio está na Ucrânia Caruaru no Face/Reprodução O jogador de futsal Ewerton Florêncio, de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, que mora na Ucrânia, relatou como tem sido os dias após a Rússia invadir o país. O caruaruense está na cidade de Kherson, uma cidade do Sul. Segundo ele, a distância é mais ou menos 10 quilômetros de onde estão acontecendo os ataques com bombas. Veja vídeo: Veja vídeo de caruaruense que está na Ucrânia Acompanhe a cobertura do g1 em tempo real Neste momento o jogador está na casa do treinador dele, e diz que está em um lugar seguro, mesmo ouvindo barulho de bombas. "Estou na casa do meu treinador, estamos seguros. As vezes escutamos barulho de bombas e aviões passando bem baixos", diz o jogador. Ewerton também falou que deseja, em breve, dar boas notícias para todos. "Agora é esperar com calma tudo isso passar. Em breve a gente quer dar boas notícias para vocês". LEIA TAMBÉM: Entenda os impactos da crise na Ucrânia para a economia brasileira MAPAS: bombardeios russos à Ucrânia, posição das tropas e a região que é epicentro da crise