Embaixada celebra Dia da Imigração Japonesa

Mutirão de limpeza no Templo Shin Budista e iluminação especial no Eixo Monumental marcam o Dia da Imigração Japonesa neste sábado Em 18 de junho, completam-se 114 anos de imigração japonesa no Brasil. Foi neste dia, em 1908, que os primeiros 781 imigrantes do Japão chegaram ao país, hoje lar de cerca de 2 milhões […]

Embaixada celebra Dia da Imigração Japonesa

Mutirão de limpeza no Templo Shin Budista e iluminação especial no Eixo Monumental marcam o Dia da Imigração Japonesa neste sábado

Em 18 de junho, completam-se 114 anos de imigração japonesa no Brasil. Foi neste dia, em 1908, que os primeiros 781 imigrantes do Japão chegaram ao país, hoje lar de cerca de 2 milhões de japoneses e seus descendentes. Para celebrar esta data, a Embaixada do Japão promoveu em Brasília uma série de ações em conjunto com apoiadores e integrantes da comunidade nikkei.

As comemorações tiveram início no dia 13, quando a Câmara Legislativa do DF realizou uma sessão solene em comemoração ao 65º ano da imigração japonesa no Distrito Federal, por iniciativa do Deputado Distrital Iolando. Já no dia 14, o tema foi lembrado em uma sessão solene na Câmara dos Deputados, realizada por iniciativa do Deputado Federal Luiz Nishimori, Presidente do Grupo Parlamentar Brasil-Japão.

Neste sábado (18/6), o Embaixador HAYASHI Teiji participou do Projeto Limpa Brasília do Dia da Imigração Japonesa, iniciativa promovida pela embaixada, em conjunto com a JCI (Junior Chamber Internacional) Brasília. Realizada pela primeira vez neste ano, a ação de revitalização tem como objetivo fomentar os cuidados com a higiene pública e com o meio ambiente no cotidiano da cidade.

“O engajamento comunitário em prol do bem comum é uma cultura muito valorizada no Japão, onde crianças aprendem desde cedo a manter as escolas limpas. O Dia da Imigração Japonesa é uma ocasião oportuna para retribuir ao país que acolheu nossos imigrantes e disseminar esses valores, cultivados também pela comunidade nipo-brasileira”, explicou o embaixador Hayashi. “É uma pequena ação, mas acreditamos que pode fazer a diferença”, completou.

O local escolhido como ponto de partida do mutirão de limpeza foi o Templo Shin Budista Terra Pura, na Asa Sul, monumento de importância histórica e cultural para a comunidade japonesa em Brasília. Os frequentadores do templo, moradores, comerciantes e convidados se uniram para realizar a limpeza do prédio e dos arredores do terreno.

“Devido aos momentos conturbados que temos passado, tornou-se ainda mais importante a promoção de ações de conscientização da população em relação à preservação desse espaço que preza pelos valores da cultura japonesa em nossa sociedade”, explica Mario Kodama, Presidente da JCI Brasília e um dos idealizadores do projeto.

Iluminação

O dia será encerrado com um evento especial no Eixo Monumental de Brasília. O Museu Nacional, a Biblioteca Nacional e a Catedral ganham neste sábado uma iluminação especial na cor vermelha, em homenagem à bandeira do Japão. A ocasião será ideal para que a população da cidade visite os monumentos com suas famílias e registre a data com fotos.

Já realizada em anos anteriores, a ação simbólica consolida a importância do Dia da Imigração Japonesa no calendário da cidade, juntando-se a outros eventos da comunidade nikkei abraçados por Brasília. Estima-se que cerca de 17 mil nipo-brasileiros vivam no Distrito Federal, entre japoneses e descendentes das famílias presentes na capital desde a sua inauguração.

Na mídia

O Dia da Imigração Japonesa foi tema, ainda, de uma série de registros na mídia. O Primeiro-Ministro do Japão, KISHIDA Fumio, o Ministro dos Negócios Exteriores, HAYASHI Yoshimasa, e o embaixador Hayashi publicaram artigos celebrando a data nos jornais Diário Brasil Nippo e Nippon Já, relevantes veículos da comunidade nipo-brasileira.

A Embaixada do Japão também aproveitou a ocasião para publicar conteúdos comemorativos em suas mídias sociais. Nikkeis pioneiros de Brasília, que contribuíram para a construção e o crescimento da Capital Federal, contam suas histórias na emocionante entrevista “Os Caminhos dos Nikkeis de Brasília”, publicada no canal da Embaixada do Japão, no YouTube. Já a nova geração foi homenageada em uma série de posts colaborativos com influencers nikkeis, postados na página da Embaixada no Instagram.