Em 18 dias, somente 2% do público esperado tomou a vacina contra a Influenza no Acre

Longe de alcançar a meta, a campanha de vacinação contra a Influenza alcançou somente 5.993 pessoas no Acre, o que corresponde a apenas 2% do público-alvo da campanha, que é de mais de 300 mil pessoas. A vacina está disponível nas Unidades de Saúde. A campanha de imunização começou no último dia 4 de abril […] O post Em 18 dias, somente 2% do público esperado tomou a vacina contra a Influenza no Acre apareceu primeiro em Jornal Opinião.

Em 18 dias, somente 2% do público esperado tomou a vacina contra a Influenza no Acre

Longe de alcançar a meta, a campanha de vacinação contra a Influenza alcançou somente 5.993 pessoas no Acre, o que corresponde a apenas 2% do público-alvo da campanha, que é de mais de 300 mil pessoas. A vacina está disponível nas Unidades de Saúde.

A campanha de imunização começou no último dia 4 de abril e a meta é alcançar a cobertura vacinal de, pelo menos, 90%.

Cobertura vacinal por grupo prioritário: Caminhoneiros: 0,45% Comorbidades: 0,98%; Crianças: 1,14%; Forças armadas: 0,17%; Forças de segurança e salvamento: 0,36%; Funcionário do sistema de privação de liberdade: 0,13%; Gestantes: 1,84%; Idosos: 4,53%; Pessoas com deficiência permanente: 0,05%; População privada de liberdade: 0,00%; Povos indígenas: 1,04%; Professores: 0,86%; Puérperas: 1,08%; Trabalhadores de saúde: 4,014%; Trabalhadores de transporte: 0,52%;

A gerente do Programa Nacional de Imunizações (PNI), Renata Quiles alertou que a influenza sorotipo H3N2 ainda circula pelo país, vitimando pessoas, principalmente, idosos e crianças.

“Tivemos um retrato de como a não vacinação pode influenciar na circulação do vírus, como aconteceu em dezembro de 2021, multidões buscaram as salas de vacinas desesperadamente e já não tínhamos mais doses disponíveis. Hoje o cenário mais uma vez se inverte, estoque gigantesco de vacinas nas geladeiras e uma população brincando com a sorte. Não somente para Influenza, mas também para Covid e outras doenças da infância, que haviam sido controladas e hoje estão retornando, temos milhares de registro de sarampo no país e já tivemos no mês passado registro de coqueluche e difteria aqui no Acre”, disse Renata.

Inicialmente, a meta era imunizar mais de 314 mil pessoas no Acre contra a gripe, mas segundo a gerente esse número foi revisto pelo Ministério da Saúde e reduziu para 300.268.

“Houve alteração na meta populacional após o Ministério da Saúde entender que havia duplicidades em grupos, por exemplo: idosos que tem comorbidades e estavam constando como denominador nos dois grupos. Essa situação também foi ajustada, por exemplo, na indígena gestante ela ficou somente em indígena”, explicou. (Por Iryá Rodrigues / G1 Acre)

O post Em 18 dias, somente 2% do público esperado tomou a vacina contra a Influenza no Acre apareceu primeiro em Jornal Opinião.