Dia D de Vacinação de alunos de MS será na próxima segunda

A campanha "Estudante Inteligente Confia na Ciência – Vacine-se!" visa fazer a busca ativa dos estudantes de 5 a 11 anos das redes pública e privada de ensino dos 79 municípios de MS.

Dia D de Vacinação de alunos de MS será na próxima segunda

O Governo de MS, por intermédio da Secretaria de Estado de Educação (SED) e Secretaria de Estado de Saúde (SES), realizará, no dia 21 de fevereiro (segunda-feira), a campanha “Estudante Inteligente Confia na Ciência – Vacine-se!”, que visa fazer a busca ativa dos estudantes de 05 a 11 anos das redes pública e privada de ensino dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul.

A campanha conta com a parceria das secretarias municipais de Educação e Saúde, Conselho de Secretários de Municipais de Saúde de Mato Grosso do Sul (COSEMS/MS), União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação, bem como, o Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino de MS (Sintrae/MS).

Crianças de 05 a 11 anos

Em dezembro do ano passado a campanha buscou ativamente os estudantes na faixa etária de 12 anos acima. Desta vez os estudantes de 05 a 11 anos poderão, no dia D (21 de fevereiro), das 7h30min às 17h30min, ser vacinados contra o Covid-19.

Com locais de vacinação em todos os municípios de Mato Grosso do Sul, a Campanha contará com 82 postos situados em unidades escolares da Rede Estadual de Ensino. Campo Grande contará com 3 locais, EE Joaquim Murtinho (centro), EE Lino Vilachá (Nova Lima) e EE Waldemir de Barros (Moreninha) e Ponta Porã 2 postos EE Joaquim Murtinho (centro) e EE Nova Itamarati (Assentamento Itamarati). Os demais municípios do Estado terão um ponto focal em cada cidade, conforme tabela das unidades escolares que receberão o dia D de Vacinação.

A secretária de Estado de Educação, Cecilia Motta, destacou a importância e a abrangência do dia D. “No dia 21 de fevereiro teremos a culminância da imunização nos nossos estudantes, não só da rede estadual, mas também das redes municipais e escolas privadas. Teremos, nos municípios, escolas selecionadas como pontos de vacinação. (…) Este é o momento de confiarmos na ciência e buscarmos a vacinação. Contamos com o apoio de toda família sul-matogrossense para um retorno seguro do ano letivo de 2022”, enfatiza.

Para o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, fala da importância da parceria com os municípios.  “Nós sabemos que as vacinas salvam vidas e protegem as nossas crianças. A campanha vem trazendo resultados satisfatórios, mas nós precisamos que os municípios continuem fazendo a busca ativa e intensifiquem as campanhas de vacinação. Queremos garantir que nossas crianças estejam protegidas e imunizadas contra as variantes da Covid-19 em nosso Estado”.

De acordo com assessor militar na SES, Coronel Marcello Fraiha, coordenador da Campanha em MS, a imunização, principalmente, a infantil, tem um papel fundamental para a sociedade, uma vez, que esclarece aos pais ou responsáveis, todas as dúvidas em relação a vacinação.

“Ressaltamos que todas as vacinas são seguras, os pais ou responsáveis não precisam ficar com receio de vacinarem as crianças. Por recomendação da SES e do Ministério da Saúde, a vacinação do público de 5 a 11 anos, ocorre em locais distintos – separados dos demais públicos – definidos pelos municípios, locais seguros para que as crianças possam receber as doses de vacina”, pontua Fraiha.

Vacinação

Os estudantes necessitam apresentar os seguintes documentos: CPF ou Cartão Nacional de Saúde (CNS), desde que acompanhado pelo responsável legal.

A Campanha Estadual de Imunização Infantil Contra a Covid-19 acontece desde o dia 19 de janeiro de 2022. Em Mato Grosso do Sul, de acordo com SES, já foram vacinadas 89.253 crianças de 5 a 11 anos, com ou sem comorbidades e indígenas, com a primeira dose com os imunizantes Pfizer pediátrica ou CoronaVac, o que corresponde a 29,65% da estimativa do público existente no Estado de 301.026 mil crianças.

Confira tabela das unidades escolares que receberão o dia D de Vacinação, dia 21 de fevereiro, nos 79 municípios de MS.

v Adersino Junior, SED