Depósitos do Detran DF não exigem mais agendamento de visitas

“Essa medida trará mais agilidade para a liberação de veículos”, afirma o diretor de Policiamento e Fiscalização de Trânsito, Glauber Peixoto. A partir da última terça-feira (17), o atendimento ao público nos Depósitos de Veículos Apreendidos (DVA’s) do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) passa a funcionar sem a necessidade de agendamento. De acordo com Peixoto, o objetivo é tornar o atendimento mais célere, visto que, desde 2020, devido às medidas de prevenção contra a covid-19, os serviços de atendimento ao público oferecidos pelo Detran-DF passaram a funcionar apenas a partir de agendamentos. Se tratando de outros serviços, contudo, a marcação segue acontecendo pelo formato de horário combinado. No entanto, conforme a Instrução nº 285, de 11 de maio de 2022, publicada na mesma terça-feira, os serviços prestados no Núcleo de Documentação (Protocolo) e nos DVA’s não terão mais essa obrigatoriedade. O usuário interessado, por exemplo, em realizar os procedimentos relativos à liberação de veículo recolhido pode ir diretamente ao depósito. Os depósitos do Detran-DF estão localizados nos seguintes endereços: DVA Asa Norte, SGAN Quadra 907, Bloco T (atendimento de segunda a sexta, das 8h às 17h). DVA Taguatinga, no Setor de Indústrias Gráficas de Taguatinga AE 02, com atendimento de segunda a sexta, das 7h às 18h, e DVA Gama, localizado na Avenida Contorno, Lote 03, Setor Norte, também de segunda a sexta, das 7h às 18h. Segundo informações do Departamento, atualmente os três depósitos somados possuem, em média, 3.500 mil veículos. Os automóveis são removidos ao depósito por motivos de infração de trânsito, conforme prevê o Código de Trânsito Brasileiro. "A maioria delas são por estacionamento irregular ou por não licenciamento do veículo", informa o Detran DF. Ainda de acordo com a instituição, para retirar o veículo, é necessário quitar todos os débitos: multas, impostos, taxas, diárias de depósito e guincho. "Não há uma definição do prazo que o veículo permanecerá no depósito. No entanto, de acordo com a legislação (CTB, artigo 328), o veículo apreendido ou removido a qualquer título e não reclamado por seu proprietário dentro do prazo de sessenta dias, contado da data de recolhimento, será avaliado e levado a leilão", finalizam. O post Depósitos do Detran DF não exigem mais agendamento de visitas apareceu primeiro em Jornal de Brasília.

Depósitos do Detran DF não exigem mais agendamento de visitas

“Essa medida trará mais agilidade para a liberação de veículos”, afirma o diretor de Policiamento e Fiscalização de Trânsito, Glauber Peixoto. A partir da última terça-feira (17), o atendimento ao público nos Depósitos de Veículos Apreendidos (DVA’s) do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) passa a funcionar sem a necessidade de agendamento.

De acordo com Peixoto, o objetivo é tornar o atendimento mais célere, visto que, desde 2020, devido às medidas de prevenção contra a covid-19, os serviços de atendimento ao público oferecidos pelo Detran-DF passaram a funcionar apenas a partir de agendamentos. Se tratando de outros serviços, contudo, a marcação segue acontecendo pelo formato de horário combinado. No entanto, conforme a Instrução nº 285, de 11 de maio de 2022, publicada na mesma terça-feira, os serviços prestados no Núcleo de Documentação (Protocolo) e nos DVA’s não terão mais essa obrigatoriedade. O usuário interessado, por exemplo, em realizar os procedimentos relativos à liberação de veículo recolhido pode ir diretamente ao depósito.

Os depósitos do Detran-DF estão localizados nos seguintes endereços: DVA Asa Norte, SGAN Quadra 907, Bloco T (atendimento de segunda a sexta, das 8h às 17h). DVA Taguatinga, no Setor de Indústrias Gráficas de Taguatinga AE 02, com atendimento de segunda a sexta, das 7h às 18h, e DVA Gama, localizado na Avenida Contorno, Lote 03, Setor Norte, também de segunda a sexta, das 7h às 18h.

Segundo informações do Departamento, atualmente os três depósitos somados possuem, em média, 3.500 mil veículos. Os automóveis são removidos ao depósito por motivos de infração de trânsito, conforme prevê o Código de Trânsito Brasileiro. "A maioria delas são por estacionamento irregular ou por não licenciamento do veículo", informa o Detran DF.

Ainda de acordo com a instituição, para retirar o veículo, é necessário quitar todos os débitos: multas, impostos, taxas, diárias de depósito e guincho. "Não há uma definição do prazo que o veículo permanecerá no depósito. No entanto, de acordo com a legislação (CTB, artigo 328), o veículo apreendido ou removido a qualquer título e não reclamado por seu proprietário dentro do prazo de sessenta dias, contado da data de recolhimento, será avaliado e levado a leilão", finalizam.

O post Depósitos do Detran DF não exigem mais agendamento de visitas apareceu primeiro em Jornal de Brasília.