Departamento de Vigilância Ambiental inicia campanha de vacinação antirrábica na capital

A ação é direcionada a cães e gatos acima de três meses de idade e que estão em bom estado de saúde.

Departamento de Vigilância Ambiental inicia campanha de vacinação antirrábica na capital

O Departamento de Vigilância Ambiental da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) iniciou a primeira fase da Campanha de Vacinação Antirrábica de 2022. Nesta segunda-feira (10) a ação foi direcionada aos animais da zona oeste, tendo imunizado 54 animais.

Os técnicos do departamento foram até o residencial localizado na rodovia Duca Serra para realizar a vacinação dos pets, protegendo contra raiva animal, doença infecciosa viral aguda que também é transmissível a humanos. Ao todo, foram vacinados 45 cães e 9 gatos.

Outros locais da capital também receberão ações da Campanha Antirrábica, que acontecerão em pontos fixos, em três bairros por semana. Já para regiões mais populosas a vacinação será em massa, aos sábados, entre duas e três vezes ao ano. A meta estipulada pelo Ministério da Saúde para 2022 é a alcançar 52.235, abrangendo 80% dos cães e 100% dos gatos.

“O Ministério da Saúde exige para as capitais 80% de animais domésticos vacinados entre cães e gatos – a cidade de Macapá atingiu a meta em 2021. Com a campanha de vacinação em massa, vacinamos um total de 50.871 animais. A nossa meta para 2022 é vacinar 62.682”, comenta o chefe da Divisão de Zoonoses, Willian Ribeiro dos Santos.

 

Imunização
Estão aptos a receber a vacina antirrábica cães e gatos acima de três meses de idade e em bom estado de saúde. Já as fêmeas que estão prenhas ou em fase de amamentação e os animais que estão doentes ou passam por algum tratamento com utilização de anti-inflamatórios ou antibióticos, não estão qualificados a receber o imunizante.