De bolacha a pulseira de diamantes: conheça os itens leiloados do Titanic

Em 1912, o navio Titanic naufragou ao colidir com um iceberg em sua primeira viagem, entre Southampton, na Inglaterra, e Nova York, nos EUA. A tragédia com a embarcação, que chegou a ser descrita como "impossível de afundar", matou mais de 1.500 pessoas. A história ficou conhecida pelo mundo inteiro quando foi contada nos cinemas e o filme ganhou um Oscar em 1998. Até hoje, itens de sobreviventes e utensílios do navio são leiloados por altas quantias. Conheça alguns desses objetos*Estagiária do R7, sob supervisão de Pablo MarquesO biscoito da marca Spillers & Bakers Pilot esteve à bordo do Titanic e foi guardado por James Fenwick, passageiro de um dos navios que ajudou a resgatar sobreviventes do naufrágio em 1912. O item foi retirado por ele de um kit de sobrevivência que estava em um dos botes salva-vidas e foi guardado dentro de um envelope. No papel, Fenwick escreveu "Biscoito Pilot de barco salva-vidas do Titanic, abril de 1912". O cracker e o envelope foram arrematados por 15 mil libras esterlinas, o equivalente a R$ 91.800, segundo informações da Henry Aldridge & Son LtdUm bilhete não utilizado para assistir ao Titanic partir do porto também esteve entre os itens leiloados. Medindo 7,5 cm por 12,5 cm, o papel tem a numeração 1.246 e garantia a entrada para acompanhar o lançamento da embarcação em Belfast, às 12h15 do dia 31 de maio de 1911. O ingresso foi vendido por 20 mil euros, o equivalente a R$ 101.800A navalha do guarda do Titanic Alfred Evans está entre os itens que ainda serão leiloados. O objeto tem a inscrição Oceanic e está datado como de 1911. O atual valor mínimo de leilão é 32 libras esterlinas, o equivalente a R$ 195,84. Uma lâmina idêntica, de outro tripulante de bordo, está em exposição no museu da Titanic Historical Society, Inc., uma organização sem fins lucrativos que tem como propósito preservar a história do navio O plano do Titanic é uma das peças mais importantes da memória do navio. Desenhado pelo departamento de arquitetura naval da White Star Line, o item foi utilizado para investigar o naufrágio da embarcação. As testemunhas, por exemplo, por meio do registro, puderam identificar locais conhecidos dentro do navio. Também é possível visualizar anotações no mapa que indicam a parte em que houve o choque com o iceberg. Em relação a valores, há algumas versões do desenho e o preço de leilão foi 220 mil euros, o equivalente a R$ 1.119.800O violino de Wallace Hartley é um objeto emblemático do naufrágio. Quando o Titanic começou a afundar, o violinista começou a tocar o instrumento e sua banda o acompanhou. A música escolhida para o trágico fim foi "Nearer My God to Thee". Apesar de não ser mais possível tocá-lo, o violino foi vendido por 1,1 milhão de euros, o equivalente a R$ 5.599.000Uma coleção de pulseiras encontrada nos destroços do Titanic é atualmente o conjunto de itens, que foram leiloados, mais caros do naufrágio. A peça mais notável era de diamantes e estava gravada com o nome "Amy". O valor total do lote foi 1,7 milhão de euros, o equivalente a R$ 8,6 milhõesUm cobertor da White Star Line para passageiros no convés é parte de um lote que ainda será leiloado. O conjunto de itens, que também inclui cartas, uma medalha e uma caixa de pequenos itens, pertencia a Margaret 'Molly' Brown, uma sobrevivente do Titanic e socialite norte-americana. Ela também era ativista pelos direitos das mulheres, crianças e trabalhadores. De acordo com a Bloomfield Auctions, o valor mínimo pelo qual seus itens podem ser arrematados é 75 mil libras esterlinas, o equivalente a R$ 459 milA Medalha da Legião de Honra é o maior prêmio concedido a um indivíduo. Incrustado de diamantes, o item foi concedido a Molly pelos franceses por seus esforços de caridade durante a Primeira Guerra Mundial. Após o naufrágio do Titanic, ela continuou no voluntariado e criou o Comitê de Sobreviventes, arrecadando dinheiro para aqueles que ficaram desamparados pelo desastreCartas para o ator Errol Flynn, conhecido por atuar em filmes de "capa e espada", e uma série de documentos relacionados ao galã de Hollywood também são parte do lote de Molly Brown. Estima-se que o conjunto de itens seja vendido por um valor entre 150 a 250 mil libras esterlinas, o equivalente a um preço entre R$ 918 mil e R$ 1,5 milhãoTrês itens pertencentes a Elsie Bowerman, outra sobrevivente do Titanic que estava no mesmo bote salva-vidas de Molly Brown, estão sendo leiloados pelo atual valor mínimo de 550 libras esterlinas, o equivalente a R$ 3.366,00. O trio de objetos inclui um lenço, uma foto dela com um cobertor da White Star Line envolvido ao seu redor e um conjunto de cartas de paciência que, acredita-se, estava no navio com ela. 

De bolacha a pulseira de diamantes: conheça os itens leiloados do Titanic

Em 1912, o navio Titanic naufragou ao colidir com um iceberg em sua primeira viagem, entre Southampton, na Inglaterra, e Nova York, nos EUA. A tragédia com a embarcação, que chegou a ser descrita como "impossível de afundar", matou mais de 1.500 pessoas. A história ficou conhecida pelo mundo inteiro quando foi contada nos cinemas e o filme ganhou um Oscar em 1998. Até hoje, itens de sobreviventes e utensílios do navio são leiloados por altas quantias. Conheça alguns desses objetos


*Estagiária do R7, sob supervisão de Pablo Marques

O biscoito da marca Spillers & Bakers Pilot esteve à bordo do Titanic e foi guardado por James Fenwick, passageiro de um dos navios que ajudou a resgatar sobreviventes do naufrágio em 1912. O item foi retirado por ele de um kit de sobrevivência que estava em um dos botes salva-vidas e foi guardado dentro de um envelope. No papel, Fenwick escreveu "Biscoito Pilot de barco salva-vidas do Titanic, abril de 1912". O cracker e o envelope foram arrematados por 15 mil libras esterlinas, o equivalente a R$ 91.800, segundo informações da Henry Aldridge & Son Ltd

Um bilhete não utilizado para assistir ao Titanic partir do porto também esteve entre os itens leiloados. Medindo 7,5 cm por 12,5 cm, o papel tem a numeração 1.246 e garantia a entrada para acompanhar o lançamento da embarcação em Belfast, às 12h15 do dia 31 de maio de 1911. O ingresso foi vendido por 20 mil euros, o equivalente a R$ 101.800

A navalha do guarda do Titanic Alfred Evans está entre os itens que ainda serão leiloados. O objeto tem a inscrição Oceanic e está datado como de 1911. O atual valor mínimo de leilão é 32 libras esterlinas, o equivalente a R$ 195,84. Uma lâmina idêntica, de outro tripulante de bordo, está em exposição no museu da Titanic Historical Society, Inc., uma organização sem fins lucrativos que tem como propósito preservar a história do navio 

O plano do Titanic é uma das peças mais importantes da memória do navio. Desenhado pelo departamento de arquitetura naval da White Star Line, o item foi utilizado para investigar o naufrágio da embarcação. As testemunhas, por exemplo, por meio do registro, puderam identificar locais conhecidos dentro do navio. Também é possível visualizar anotações no mapa que indicam a parte em que houve o choque com o iceberg. Em relação a valores, há algumas versões do desenho e o preço de leilão foi 220 mil euros, o equivalente a R$ 1.119.800

O violino de Wallace Hartley é um objeto emblemático do naufrágio. Quando o Titanic começou a afundar, o violinista começou a tocar o instrumento e sua banda o acompanhou. A música escolhida para o trágico fim foi "Nearer My God to Thee". Apesar de não ser mais possível tocá-lo, o violino foi vendido por 1,1 milhão de euros, o equivalente a R$ 5.599.000

Uma coleção de pulseiras encontrada nos destroços do Titanic é atualmente o conjunto de itens, que foram leiloados, mais caros do naufrágio. A peça mais notável era de diamantes e estava gravada com o nome "Amy". O valor total do lote foi 1,7 milhão de euros, o equivalente a R$ 8,6 milhões

Um cobertor da White Star Line para passageiros no convés é parte de um lote que ainda será leiloado. O conjunto de itens, que também inclui cartas, uma medalha e uma caixa de pequenos itens, pertencia a Margaret 'Molly' Brown, uma sobrevivente do Titanic e socialite norte-americana. Ela também era ativista pelos direitos das mulheres, crianças e trabalhadores. De acordo com a Bloomfield Auctions, o valor mínimo pelo qual seus itens podem ser arrematados é 75 mil libras esterlinas, o equivalente a R$ 459 mil

A Medalha da Legião de Honra é o maior prêmio concedido a um indivíduo. Incrustado de diamantes, o item foi concedido a Molly pelos franceses por seus esforços de caridade durante a Primeira Guerra Mundial. Após o naufrágio do Titanic, ela continuou no voluntariado e criou o Comitê de Sobreviventes, arrecadando dinheiro para aqueles que ficaram desamparados pelo desastre

Cartas para o ator Errol Flynn, conhecido por atuar em filmes de "capa e espada", e uma série de documentos relacionados ao galã de Hollywood também são parte do lote de Molly Brown. Estima-se que o conjunto de itens seja vendido por um valor entre 150 a 250 mil libras esterlinas, o equivalente a um preço entre R$ 918 mil e R$ 1,5 milhão

Três itens pertencentes a Elsie Bowerman, outra sobrevivente do Titanic que estava no mesmo bote salva-vidas de Molly Brown, estão sendo leiloados pelo atual valor mínimo de 550 libras esterlinas, o equivalente a R$ 3.366,00. O trio de objetos inclui um lenço, uma foto dela com um cobertor da White Star Line envolvido ao seu redor e um conjunto de cartas de paciência que, acredita-se, estava no navio com ela.