Crise dos refugiados: o deslocamento massivo é um problema antigo

Desde que foi proclamada a guerra da Rússia contra a Ucrânia, na quinta-feira de 24 de fevereiro de 2022, a Organização das Nações Unidas (ONU) informou que quase 12,8 milhões de pessoas foram deslocadas das áreas ucranianas desde que as tropas russas lançaram seu ataque.Em 2018, os dados do ACNUR indicaram que cerca de 5,4 milhões de pessoas foram deslocadas internamente em seus países devido a conflitos e violência, e isso é só um dos fatores que promovem esse tipo de migração. Sendo que, em meados de 2021, 84 milhões foram os números de deslocados, e 26,6 milhões de refugiados devido a fatores como mudanças climáticas que destroem meios de subsistência, poluição ambiental, conflitos violentos, desastres naturais e reféns da globalização também são fatores que contribuem para o deslocamento massivo das pessoas.Leia mais...

Crise dos refugiados: o deslocamento massivo é um problema antigo

Desde que foi proclamada a guerra da Rússia contra a Ucrânia, na quinta-feira de 24 de fevereiro de 2022, a Organização das Nações Unidas (ONU) informou que quase 12,8 milhões de pessoas foram deslocadas das áreas ucranianas desde que as tropas russas lançaram seu ataque.

Em 2018, os dados do ACNUR indicaram que cerca de 5,4 milhões de pessoas foram deslocadas internamente em seus países devido a conflitos e violência, e isso é só um dos fatores que promovem esse tipo de migração. Sendo que, em meados de 2021, 84 milhões foram os números de deslocados, e 26,6 milhões de refugiados devido a fatores como mudanças climáticas que destroem meios de subsistência, poluição ambiental, conflitos violentos, desastres naturais e reféns da globalização também são fatores que contribuem para o deslocamento massivo das pessoas.

Leia mais...