Covid e H3N2: aumento de casos faz unidades penais de MS suspenderem visitas por 15 dias

A suspensão de visitas nas unidades penais também leva em consideração a vulnerabilidade da população carcerária.

Covid e H3N2: aumento de casos faz unidades penais de MS suspenderem visitas por 15 dias

A Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) suspendeu as visitas em todas as unidades penais sob sua administração, no período 29 de janeiro a 13 de fevereiro de 2022.

A medida, oficializada no Diário Oficial do Estado (DOE) da última quarta-feira (26), se deve à necessidade de adoção de ações preventivas, diante do aumento do número de pessoas infectadas pelo Coronavírus (Covid-19) e Influenza H3N2 em Mato Grosso do Sul.

A suspensão de visitas nas unidades penais também leva em consideração a vulnerabilidade da população carcerária, pelas características arquitetônicas dos estabelecimentos penais, e a necessidade em aplicar medidas mitigadoras para conter o avanço das contaminações entre servidores penitenciários e custodiados no Estado.

A Portaria Normativa está disponível na página 98. Clique aqui e confira.

Com informações de Tatyane Santinoni, Agepen