Com vaga nas oitavas da Copa BR, Vojvoda avalia o Fortaleza: "não foi tão brilhante, mas vencemos"

O Fortaleza venceu o Vitória e garantiu vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil. O técnico Juan Pablo Vojvoda avaliou o jogo em entrevista coletiva realizada na Arena Castelão após a partida. Além disso, explicou a escolha por Marcelo Boeck e diz ser positiva a competição interna pela posição. “O importante, primeiro, é o objetivo de passar de mais uma fase da Copa do Brasil. A competição estimula a gente. É uma competição muito interessante e passar de fase é um objetivo para nós. Ganhar o jogo também é importante. Fazia tempo que não vencíamos fora de casa. Jogamos bem, tivemos bom funcionamento fora de casa, mas o resultado não vinha. Hoje não foi tão brilhante, mas vencemos o jogo e isso, para nós, significa passar de fase e continuar na Copa que é muito importante”, disse o técnico. Sobre a escalação de Marcelo Boeck, o técnico argentino revela que a escolha não foi fácil. No entanto, ressalta a importância da competição interna. “A escolha do Boeck para hoje foi muito difícil. Fernando Miguel teve suas partidas durante o início do ano, depois sofreu uma lesão. Os três goleiros estão bem parelhos. Max tem uma sequência, que para o goleiro é importante. Conheço Boeck e esse ano pretendia dar opções de jogo também. As obrigações do dia a dia são para todos os goleiros. Necessito dessa competição interna nessa posição também”, concluiu o treinador. Yago Pikachu marcou o gol da partida desta quinta-feira e selou o resultado positivo para o Tricolor. Agora, Vojvoda afirma que a equipe vira a chave para o Brasileirão. [render name="Leia Mais" contentId="1.3230314"] “Todas as partidas têm sua importância. Era uma partida que tínhamos que terminar de fechar, o resultado no Castelão tinha sido muito bom. Agora é colocar a cabeça no Brasileirão. Temos um adversário como o Botafogo, temos que planejar bem a partida, ter estratégia e começar nosso caminho no Brasileirão, que é a competição que nos levou à Libertadores. É uma competição longa, mas temos, como sempre, a responsabilidade de cada partida”, explicou Vojvoda. O Fortaleza volta a campo no domingo (15), em mais uma rodada do Brasileirão. A equipe enfrenta o Botafogo às 18h (de Brasília). VEJA ENTREVISTA COMPLETA: [render name="COLETIVA" contentId="7.4638455"]>

Com vaga nas oitavas da Copa BR, Vojvoda avalia o Fortaleza: "não foi tão brilhante, mas vencemos"
O Fortaleza venceu o Vitória e garantiu vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil. O técnico Juan Pablo Vojvoda avaliou o jogo em entrevista coletiva realizada na Arena Castelão após a partida. Além disso, explicou a escolha por Marcelo Boeck e diz ser positiva a competição interna pela posição. “O importante, primeiro, é o objetivo de passar de mais uma fase da Copa do Brasil. A competição estimula a gente. É uma competição muito interessante e passar de fase é um objetivo para nós. Ganhar o jogo também é importante. Fazia tempo que não vencíamos fora de casa. Jogamos bem, tivemos bom funcionamento fora de casa, mas o resultado não vinha. Hoje não foi tão brilhante, mas vencemos o jogo e isso, para nós, significa passar de fase e continuar na Copa que é muito importante”, disse o técnico. Sobre a escalação de Marcelo Boeck, o técnico argentino revela que a escolha não foi fácil. No entanto, ressalta a importância da competição interna. “A escolha do Boeck para hoje foi muito difícil. Fernando Miguel teve suas partidas durante o início do ano, depois sofreu uma lesão. Os três goleiros estão bem parelhos. Max tem uma sequência, que para o goleiro é importante. Conheço Boeck e esse ano pretendia dar opções de jogo também. As obrigações do dia a dia são para todos os goleiros. Necessito dessa competição interna nessa posição também”, concluiu o treinador. Yago Pikachu marcou o gol da partida desta quinta-feira e selou o resultado positivo para o Tricolor. Agora, Vojvoda afirma que a equipe vira a chave para o Brasileirão. [render name="Leia Mais" contentId="1.3230314"] “Todas as partidas têm sua importância. Era uma partida que tínhamos que terminar de fechar, o resultado no Castelão tinha sido muito bom. Agora é colocar a cabeça no Brasileirão. Temos um adversário como o Botafogo, temos que planejar bem a partida, ter estratégia e começar nosso caminho no Brasileirão, que é a competição que nos levou à Libertadores. É uma competição longa, mas temos, como sempre, a responsabilidade de cada partida”, explicou Vojvoda. O Fortaleza volta a campo no domingo (15), em mais uma rodada do Brasileirão. A equipe enfrenta o Botafogo às 18h (de Brasília). VEJA ENTREVISTA COMPLETA: [render name="COLETIVA" contentId="7.4638455"]>