Chris Noth, ator de 'Sex and the City', recebe nova acusação de violência sexual

A cantora e compositora Lisa Gentile é a terceira mulher a acusar publicamente o ator de violência sexual. Ela não poderá acusaro ator na Justiça, uma vez que a denúncia prescreveu, de acordo com as leis do estado de Nova York. Chris Noth em festa da revista 'GQ', em 2016 Danny Moloshok/Reuters Mais uma mulher acusou publicamente de violência sexual o ator americano Chris Noth, que interpretou o personagem "Mr. Big" na série de TV "Sex and the City". A cantora e compositora Lisa Gentile afirmou na quinta-feira (23), em entrevista coletiva, que Noth a assediou em Nova York em 2002. Segundo ela, o ator insistiu em entrar em seu apartamento após lhe dar uma carona. "Ele começou a me beijar quase imediatamente", contou. "Depois, inclinou-se e me puxou com força em sua direção", descreveu a cantora, que disse ter se sentido desconfortável e rejeitado as investidas de Noth. "Então ele ficou mais agressivo, colocou as mãos nos meus seios e começou a apertá-los com força sobre a minha roupa." Lisa afirmou que Noth colocou as mãos da cantora em seu pênis. "Por fim, consegui empurrá-lo e escapar do seu controle, gritando: 'Não, não quero isso!'." Segundo ela, o ator a insultou e ameaçou acabar com a sua carreira caso ela contasse para alguém o que havia acontecido. Lisa não poderá acusar Noth na Justiça, uma vez que a denúncia prescreveu, de acordo com as leis do estado de Nova York, informou sua advogada Gloria Allred. Nas últimas semanas, duas mulheres contaram à publicação especializada "The Hollywood Reporter" que foram vítimas de abuso sexual por parte de Noth. O ator negou as acusações e não respondeu a um pedido de comentário feito após a nova denúncia. Após as denúncias, Sarah Jessica Parker, Kristin Davis e Cynthia Nixon, estrelas de "Sex and the City", quebram silêncio sobre acusações de estupro contra Chris Noth e divulgaram nota em suas redes em apoio às mulheres que acusaram o ator.

Chris Noth, ator de 'Sex and the City', recebe nova acusação de violência sexual

A cantora e compositora Lisa Gentile é a terceira mulher a acusar publicamente o ator de violência sexual. Ela não poderá acusaro ator na Justiça, uma vez que a denúncia prescreveu, de acordo com as leis do estado de Nova York. Chris Noth em festa da revista 'GQ', em 2016 Danny Moloshok/Reuters Mais uma mulher acusou publicamente de violência sexual o ator americano Chris Noth, que interpretou o personagem "Mr. Big" na série de TV "Sex and the City". A cantora e compositora Lisa Gentile afirmou na quinta-feira (23), em entrevista coletiva, que Noth a assediou em Nova York em 2002. Segundo ela, o ator insistiu em entrar em seu apartamento após lhe dar uma carona. "Ele começou a me beijar quase imediatamente", contou. "Depois, inclinou-se e me puxou com força em sua direção", descreveu a cantora, que disse ter se sentido desconfortável e rejeitado as investidas de Noth. "Então ele ficou mais agressivo, colocou as mãos nos meus seios e começou a apertá-los com força sobre a minha roupa." Lisa afirmou que Noth colocou as mãos da cantora em seu pênis. "Por fim, consegui empurrá-lo e escapar do seu controle, gritando: 'Não, não quero isso!'." Segundo ela, o ator a insultou e ameaçou acabar com a sua carreira caso ela contasse para alguém o que havia acontecido. Lisa não poderá acusar Noth na Justiça, uma vez que a denúncia prescreveu, de acordo com as leis do estado de Nova York, informou sua advogada Gloria Allred. Nas últimas semanas, duas mulheres contaram à publicação especializada "The Hollywood Reporter" que foram vítimas de abuso sexual por parte de Noth. O ator negou as acusações e não respondeu a um pedido de comentário feito após a nova denúncia. Após as denúncias, Sarah Jessica Parker, Kristin Davis e Cynthia Nixon, estrelas de "Sex and the City", quebram silêncio sobre acusações de estupro contra Chris Noth e divulgaram nota em suas redes em apoio às mulheres que acusaram o ator.