Centro cirúrgico do Hospital Municipal Dr. Ernesto Che Guevara, em Maricá, começa a ser usado na quinta

De acordo com município, unidade terá capacidade para realizar entre 600 e 700 cirurgias por mês. Hospital Municipal Dr. Ernesto Che Guevara, em Maricá, terá capacidade de fazer até 700 cirurgias por mês Evelen Gouvêa/Prefeitura de Maricá O centro cirúrgico do Hospital Municipal Dr. Ernesto Che Guevara, em Maricá, na Região Metropolitana do Rio, vai começar a funcionar nesta quinta-feira (7). A unidade, que foi inaugurada em maio de 2020, teve o atendimento dedicado aos pacientes infectados pelo novo coronavírus durante esses dois anos de funcionamento. Com o cenário da pandemia mais controlado, as cirurgias vão começar a ser realizadas. A princípio, segundo a Prefeitura, serão realizadas cirurgias ortopédicas e gerais, que possuem mais pessoas nas filas de espera por atendimento. Posteriormente, o hospital vai atender outras especialidades, realizando inclusive procedimentos de alta complexidade. A unidade hospitalar, que fica em São José do Imbassaí, conta com quatro salas cirúrgicas, com capacidade para realizar entre 600 e 700 procedimentos por mês. Além disso, o município informou que há dez leitos de CTI e 34 leitos cirúrgicos de enfermaria para atender os pacientes no pré e pós operatório. Os atendimentos ambulatoriais pré cirurgia já tiveram início. Cerca de 15 vão passar, diariamente, por atendimento médico e exames preparatórios nessa fase inicial de cirurgias no Hospital Che Guevara. As cirurgias são agendadas de acordo com a Central de Regulação do município.

Centro cirúrgico do Hospital Municipal Dr. Ernesto Che Guevara, em Maricá, começa a ser usado na quinta

De acordo com município, unidade terá capacidade para realizar entre 600 e 700 cirurgias por mês. Hospital Municipal Dr. Ernesto Che Guevara, em Maricá, terá capacidade de fazer até 700 cirurgias por mês Evelen Gouvêa/Prefeitura de Maricá O centro cirúrgico do Hospital Municipal Dr. Ernesto Che Guevara, em Maricá, na Região Metropolitana do Rio, vai começar a funcionar nesta quinta-feira (7). A unidade, que foi inaugurada em maio de 2020, teve o atendimento dedicado aos pacientes infectados pelo novo coronavírus durante esses dois anos de funcionamento. Com o cenário da pandemia mais controlado, as cirurgias vão começar a ser realizadas. A princípio, segundo a Prefeitura, serão realizadas cirurgias ortopédicas e gerais, que possuem mais pessoas nas filas de espera por atendimento. Posteriormente, o hospital vai atender outras especialidades, realizando inclusive procedimentos de alta complexidade. A unidade hospitalar, que fica em São José do Imbassaí, conta com quatro salas cirúrgicas, com capacidade para realizar entre 600 e 700 procedimentos por mês. Além disso, o município informou que há dez leitos de CTI e 34 leitos cirúrgicos de enfermaria para atender os pacientes no pré e pós operatório. Os atendimentos ambulatoriais pré cirurgia já tiveram início. Cerca de 15 vão passar, diariamente, por atendimento médico e exames preparatórios nessa fase inicial de cirurgias no Hospital Che Guevara. As cirurgias são agendadas de acordo com a Central de Regulação do município.