Campanha ‘Junho Violeta’ realiza mobilizações nos Cras de Palmas

Em continuidade às ações da campanha ‘Junho Violeta’, o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa de Palmas (Comdipi) realizou, durante esta semana, rodas de conversa e palestras nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), abordando a temática da violência contra a pessoa idosa, o Estatuto do Idoso e informando os canais para a […]

Campanha ‘Junho Violeta’ realiza mobilizações nos Cras de Palmas

Em continuidade às ações da campanha ‘Junho Violeta’, o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa de Palmas (Comdipi) realizou, durante esta semana, rodas de conversa e palestras nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), abordando a temática da violência contra a pessoa idosa, o Estatuto do Idoso e informando os canais para a população denunciar esses atos violentos.

O número de denúncias recebidas pelo Comdipi Palmas, de janeiro de 2021 até o início do mês de junho de 2022, foi de 45 casos. A intenção da campanha é provocar uma mudança comportamental na população e que as pessoas passem a denunciar mais qualquer tipo de violência contra a pessoa idosa.

Nesta quinta-feira, 23, os idosos atendidos no Cras Karajá I, no Aureny III, puderam conversar com o delegado Titular da 1ª Delegacia Especializada de Atendimento à Vulneráveis/DAV da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Tocantins, Marcelo Santos Falcão Queiroz, e com a presidente do Comdipi Palmas, Simone Fontenelle. “É um momento de prevenção e de alerta para a comunidade. A violência não deve ser tolerada, nem acobertada. Deve ser combatida e denunciada”, defendeu Fontenelle.

A campanha Junho Violeta em Palmas traz o lema “E se fosse com você? Respeitar a pessoa idosa é tratar o seu futuro com respeito” e está sendo desenvolvida por meio de mobilizações, blitz educativa, cartazes e campanha nas redes sociais durante todo o mês de junho.

Denuncie:

Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa de Palmas/TO – (63) 99237-5215

1ª Delegacia Especializada de Atendimento à Vulneráveis – 3218-6891

Ministério Público do Estado do Tocantins – 3216-7600

Defensoria Pública do Estado do Tocantins – 3218-6951

Centro de Referência Especializado de Assistência Social – 3212-7044