Câmera leva choque em palco do 'Faustão na Band' e é internado às pressas

Antônio Carlos Marin, um dos câmeras do "Faustão na Band", sofreu uma descarga elétrica em cima do palco do programa na última sexta (21) à noite. Segundo fontes do sindicato, ele estava com a câmera no ombro e filmando um carro elétrico para um "merchandising" do programa, quando tocou a maçaneta do carro e foi jogado ao chão com violência. A Band nega que tenha sido um veículo elétrico e que era um modelo flex (álcool e gasolina). Colegas de Marin correram para ajudá-lo, mas, assim que tocaram nele, também levaram uma descarga elétrica —embora bem mais fraca. O profissional foi levado às pressas para o Hospital São Luiz, unidade do Morumbi (zona sula de SP). Por precaução ele até chegou a ser encaminhado rapidamente para a UTI, mas logo foi transferido para um quarto comum. Segundo a Band, teve alta no dia seguinte (sábado). A emissora informou que tomou todos os cuidados com o funcionário e que está acompanhando Marin até agora. Disse ainda que já acionou sua equipe de engenheiros e técnicos e já fez uma ação de reforço de isolamento em todo o palco, mas ao mesmo tempo está passando um "pente fino" em toda estrutura para evitar novos incidentes (veja íntegra da nota ao final do texto). Precedente A coluna apurou que, nos últimos dias, bailarinas já tinham se queixado de sentir choques leves quando tocavam acidentalmente em alguma colega sobre o palco. Isso reduz as suspeitas sobre o veículo. Além disso, o revestimento do palco —que na verdade é uma enorme tela de LED—, é feito de acrílico, um material conhecido por ser isolante elétrico. Outra possibilidade ainda não descartada é que outro tipo de componente do cenário (que não o chão) tenha acumulado energia estática e que isso tenha sido a causa da descarga, e não o palco em si. Band fala "A BandTV prestou todo o apoio ao funcionário, que foi atendido no ambulatório da emissora e em seguida encaminhado para atendimento no hospital São Luiz do Morumbi. Ele chegou a ser levado para a UTI, mas foi transferido para um quarto comum no dia seguinte. Antônio Carlos Marin passa bem, já está em casa e está sendo acompanhado pelo corpo médico da Band. O departamento de Engenharia da emissora investigou as causas do acidente e, aproveitando o recesso das gravações do Faustão, já tomou providências na questão da eletricidade estática. Departamento de Comunicação (e Engenharia) da Band."

Câmera leva choque em palco do 'Faustão na Band' e é internado às pressas

Antônio Carlos Marin, um dos câmeras do "Faustão na Band", sofreu uma descarga elétrica em cima do palco do programa na última sexta (21) à noite.

Segundo fontes do sindicato, ele estava com a câmera no ombro e filmando um carro elétrico para um "merchandising" do programa, quando tocou a maçaneta do carro e foi jogado ao chão com violência. A Band nega que tenha sido um veículo elétrico e que era um modelo flex (álcool e gasolina).

Colegas de Marin correram para ajudá-lo, mas, assim que tocaram nele, também levaram uma descarga elétrica —embora bem mais fraca.

O profissional foi levado às pressas para o Hospital São Luiz, unidade do Morumbi (zona sula de SP). Por precaução ele até chegou a ser encaminhado rapidamente para a UTI, mas logo foi transferido para um quarto comum.

Segundo a Band, teve alta no dia seguinte (sábado).

A emissora informou que tomou todos os cuidados com o funcionário e que está acompanhando Marin até agora. Disse ainda que já acionou sua equipe de engenheiros e técnicos e já fez uma ação de reforço de isolamento em todo o palco, mas ao mesmo tempo está passando um "pente fino" em toda estrutura para evitar novos incidentes (veja íntegra da nota ao final do texto).

Precedente

A coluna apurou que, nos últimos dias, bailarinas já tinham se queixado de sentir choques leves quando tocavam acidentalmente em alguma colega sobre o palco. Isso reduz as suspeitas sobre o veículo.

Além disso, o revestimento do palco —que na verdade é uma enorme tela de LED—, é feito de acrílico, um material conhecido por ser isolante elétrico.

Outra possibilidade ainda não descartada é que outro tipo de componente do cenário (que não o chão) tenha acumulado energia estática e que isso tenha sido a causa da descarga, e não o palco em si.

Band fala

"A BandTV prestou todo o apoio ao funcionário, que foi atendido no ambulatório da emissora e em seguida encaminhado para atendimento no hospital São Luiz do Morumbi. Ele chegou a ser levado para a UTI, mas foi transferido para um quarto comum no dia seguinte.

Antônio Carlos Marin passa bem, já está em casa e está sendo acompanhado pelo corpo médico da Band.

O departamento de Engenharia da emissora investigou as causas do acidente e, aproveitando o recesso das gravações do Faustão, já tomou providências na questão da eletricidade estática. Departamento de Comunicação (e Engenharia) da Band."