Atriz de 'Dr. Estranho' Zara Phythian e o marido são condenados por abuso sexual

Atriz de 'Doutor Estranho' Zara Phythian foi considerada culpada do crime de abuso sexual The Grosby Group A atriz de "Doutor Estranho" Zara Phythian e o marido Victor Marke foram condenados pelo crime de abuso sexual contra uma adolescente, cometido de 2005 a 2009. As informações foram publicadas pelo Daily Mail. A jovem, que hoje tem 30 anos, era abusada pelo casal até duas vezes por mês, dos 13 aos 15 anos. Os dois foram considerados culpados de 14 acusações, como aliciamento, abuso e sexo com menor de idade.  Em um vídeo enviado para a corte de Nottingham, na Inglaterra, a vítima disse que teve relações sexuais com Zara e com Victor e que não denunciou o crime antes porque foi ameaçada de agressão se contasse para alguém o que estava ocorrendo. "Eu sabia que era errado, mas eu simplesmente não sabia como sair da situação ou dizer qualquer coisa", disse a vítima. Zara Phythian e o marido Victor Marke chegando ao tribunal para o julgamento SWNS/The Grosby Group Nottingham Ela relatou também que o marido da atriz dizia que ninguém acreditaria na história do abuso se fizesse a denúncia. "Eles sempre tiveram um poder sobre mim." O julgamento começou em 26 de abril e foi encerrado na terça-feira (10). O júri emitiu a decisão nesta quarta-feira (11) e a sentença deve ser anunciada nos próximos dias. Zara e Victor negam que as acusações tenham fundamento.

Atriz de 'Dr. Estranho' Zara Phythian e o marido são condenados por abuso sexual
Atriz de 'Doutor Estranho' Zara Phythian foi considerada culpada do crime de abuso sexual
Atriz de 'Doutor Estranho' Zara Phythian foi considerada culpada do crime de abuso sexual The Grosby Group

A atriz de "Doutor Estranho" Zara Phythian e o marido Victor Marke foram condenados pelo crime de abuso sexual contra uma adolescente, cometido de 2005 a 2009. As informações foram publicadas pelo Daily Mail.

A jovem, que hoje tem 30 anos, era abusada pelo casal até duas vezes por mês, dos 13 aos 15 anos. Os dois foram considerados culpados de 14 acusações, como aliciamento, abuso e sexo com menor de idade. 

Em um vídeo enviado para a corte de Nottingham, na Inglaterra, a vítima disse que teve relações sexuais com Zara e com Victor e que não denunciou o crime antes porque foi ameaçada de agressão se contasse para alguém o que estava ocorrendo.

"Eu sabia que era errado, mas eu simplesmente não sabia como sair da situação ou dizer qualquer coisa", disse a vítima.

Zara Phythian e o marido Victor Marke chegando ao tribunal para o julgamento
Zara Phythian e o marido Victor Marke chegando ao tribunal para o julgamento SWNS/The Grosby Group Nottingham

Ela relatou também que o marido da atriz dizia que ninguém acreditaria na história do abuso se fizesse a denúncia. "Eles sempre tiveram um poder sobre mim."

O julgamento começou em 26 de abril e foi encerrado na terça-feira (10). O júri emitiu a decisão nesta quarta-feira (11) e a sentença deve ser anunciada nos próximos dias. Zara e Victor negam que as acusações tenham fundamento.